Hoje é dia de luta contra o desmonte do serviço público

85

Mesmo sob os riscos da atual pandemia, trabalhadores de todo o país realizam atos e protestos nesta quarta-feira (18), contra a Reforma Administrativa (PEC nº 32). A proposta acaba com concursos para o setor público, encerra o direito à estabilidade dos servidores, transfere atividades públicas para a iniciativa privada, dentre outros retrocessos.

Para o Sindicato dos Fazendários do Ceará (Sintaf), a reforma é, no mínimo, inoportuna neste momento, quando o serviço público é que está dando o suporte necessário e fundamental para o combate à Covid-19.

Recentemente, os servidores públicos estaduais passaram por uma reforma da previdência, que tem demonstrado cada vez mais suas consequências nefastas na sociedade. E agora, caso a reforma administrativa seja aprovada, estes serão mais uma vez penalizados.

No entanto, os mais prejudicados serão aqueles que mais precisam do serviço público: as crianças e jovens que dependem da escola pública, as pessoas que procuram atendimento à saúde nas unidades de pronto-atendimento, as famílias que ainda não têm acesso a água potável e esgoto.

É hora de lutar bravamente e conclamar todos os deputados federais a votarem contra a PEC 32. Nesse propósito, o engajamento de toda a sociedade é fundamental no enfrentamento a esta reforma que, caso aprovada, acarretará o desmonte dos serviços públicos.

A luta em defesa do serviço público é de todos e todas. Participe!

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here