Quem Somos

O Sintaf foi fundado em 17 de dezembro de 1988 por um grupo de fazendários corajosos e com visão de conjunto.

Eles buscavam construir uma entidade forte, que lutasse pelos direitos de toda a categoria.

Cada negociação, embate, mobilização e greve fez do Sintaf o que é hoje: um sindicato de lutas, reconhecido em nível estadual e nacional por sua atuação.

Com seus 30 anos, o Sintaf comemora a recém-conquista da regulamentação do teto remuneratório, ao mesmo tempo em que empunha importantes bandeiras, a exemplo da incorporação do piso do PDF aos vencimentos e proventos, e a aprovação da Lei Orgânica da Administração Fazendária (LOAF).

Atuação e conquistas

Ao adotar a linha da luta, transparência e diálogo, o Sintaf vem alcançando o reconhecimento político e a atenção do Governo aos pleitos dos fazendários. São inúmeras as conquistas ao longo de sua história.

A primeira grande vitória foi a aprovação do 1º Plano de Cargos e Carreiras (PCC) da categoria, no ano de 1994, em que todos os servidores fazendários foram incluídos no grupo TAF, fruto da greve histórica de 1991. Outras conquistas mais recentes são: a redenominação dos cargos de Analista; o requisito de nível superior como condição de ingresso na carreira fazendária; a Emenda Constitucional que reconhece a Administração Fazendária como instituição essencial ao funcionamento do Estado e lhe assegura autonomia administrativa, funcional, orçamentária e financeira, prevendo a criação da Lei Orgânica da Administração Fazendária; a extensão da Gratificação de Risco de Vida para todos os integrantes do Grupo TAF; a regulamentação do teto remuneratório dos servidores do Estado.

O objetivo do Sintaf é defender direitos e ampliar conquistas, buscando sempre a valorização dos fazendários, boas condições de trabalho, remuneração segura e aposentadoria digna.

Com isso, contribui para a construção de uma administração financeira mais estável, onde os fazendários poderão desempenhar com mais eficiência a sua missão de tributar, arrecadar e fiscalizar os recursos financeiros para o desenvolvimento sustentável do Estado, administrando melhor as finanças públicas estaduais. No final, quem ganha é a sociedade, com mais recursos para a educação, saúde, saneamento, segurança e demais áreas de atuação do Estado.

Lutas sindicais

A participação ativa do Sintaf no Fórum Unificado das Associações e Sindicatos dos Servidores Públicos Estaduais do Ceará (Fuaspec) contribui para o fortalecimento das lutas dos servidores estaduais, resultando em avanços consideráveis às diversas categorias. O Sintaf também se insere nas grandes discussões e decisões nacionais. Por isso participa ativamente do Conselho Deliberativo da Federação Nacional do Fisco Estadual e Distrital (Fenafisco), junto aos demais sindicatos filiados.

A união faz a força

O Sintaf ganhou maior força política com a união à Associação dos Aposentados Fazendários (AAFEC), oficializada em julho de 2010. Na época, a luta pelo piso unificado consagrou essa união, mobilizando toda a categoria em torno do pleito. No entanto, muito mais pode ser conquistado com adesão de mais fazendários, ativos e aposentados.

Sindicato cidadão

O Sindicato também incentiva a pesquisa e apoia grandes projetos, a exemplo da Fundação Sintaf e do Laboratório de Estudos da Pobreza (LEP). A Fundação Sintaf é uma instituição de ensino e pesquisa que foi constituída pelo Sindicato em fevereiro de 2008. A entidade desenvolve ações de cunho técnico, científico, cultural e de responsabilidade sócio-ambiental junto ao setor privado, a outras organizações do terceiro setor e à administração pública.