28 de outubro: Dia de defender o Servidor Público, em benefício da sociedade

49

O Sindicato dos Fazendários do Ceará (Sintaf) publicou hoje (28), no jornal O Povo, nota à sociedade na qual parabeniza os servidores públicos de todo o Estado pelo seu dia e critica a defasagem salarial acumulada nos últimos anos, que têm penalizado sobremaneira os trabalhadores. Confira:

28 de outubro: Dia de defender o Servidor Público,
em benefício da sociedade

Celebramos hoje o dia do Servidor Público, profissional que coloca sua vida à serviço das demandas da sociedade. Mas hoje, infelizmente, os servidores não têm o que comemorar. Apesar da responsabilidade de concretizar as políticas públicas em nosso Estado, garantindo à população o acesso à saúde, educação e segurança, por exemplo, os servidores têm sofrido grandes ataques aos seus direitos, a exemplo do descumprimento da lei estadual que garante a reposição das perdas salariais a partir da inflação.

Toda a população tem sofrido com a alta de preços em vários aspectos da vida – e com o servidor público não é diferente. No entanto, o Governo do Estado tem adotado a política do achatamento salarial, economizando em cima do salário dos trabalhadores. Nos últimos oito anos, as perdas acumuladas somaram 43,69%. Fica difícil viver com uma remuneração tão corroída.

Não fossem os profissionais da saúde pública, que enfrentaram corajosamente a covid-19, o número de vítimas do novo coronavírus seria assustadoramente maior. Não fossem os servidores fazendários, trabalhando em casa e presencialmente nos postos fiscais de divisa durante a pandemia, a arrecadação seria menor. Se não existissem os servidores públicos, não haveria um Estado capaz de atender a população mais vulnerável, aquela que mais precisa.

O Sindicato dos Fazendários do Ceará (Sintaf) parabeniza todos os servidores públicos estaduais pelo seu dia, reconhecendo que as funções do Estado não funcionam de forma eficaz sem o esforço, dedicação e trabalho de cada um de seus servidores. É por essa razão que conclamamos todos à luta contra os ataques ao serviço público – a exemplo da reforma administrativa (PEC 32) – e por salários justos e condições de trabalho dignas para todos os servidores públicos cearenses.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here