Proteção à saúde dos fazendários é tema de reunião com a Secretária da Fazenda

66

No final da tarde desta quarta-feira (18/3), diretores do Sintaf se reuniram mais uma vez com a secretária da Fazenda, Fernanda Pacobahyba, cobrando medidas de proteção à saúde dos fazendários contra a pandemia do novo Coronavírus.

A Secretária, que em reunião anterior já havia se comprometido a enviar os materiais de proteção individual, informou que os frascos de álcool gel estão sendo enviados às unidades. A Administração Fazendária, no entanto, está tendo dificuldades em adquirir as máscaras cirúrgicas, o que deve ser resolvido nos próximos dias.

Servidores com mais de 60 anos foram liberados do trabalho, mesmo que não apresentem comorbidade, que são doenças associadas à idade, como hipertensão, diabetes ou algum problema pulmonar. Diante do avanço da epidemia no Estado, a Secretária resolveu, ainda, afastar os servidores que apresentam sintomas, mas ainda não foram confirmados com a doença. Eles desempenharão suas atividades remotamente, aderindo ao teletrabalho.

Na reunião, o Sindicato destacou que o afastamento de parte dos servidores causará sobrecarga de trabalho. Diante do fato, Fernanda Pacobahyba se comprometeu a rever rotinas de trabalho, escalas e turnos nas unidades fazendárias, adaptando-as à nova realidade.

Diante das demandas levadas pelo Sintaf, a partir da base, a Administração Fazendária também afirmou que buscará meios de reduzir a aglomeração de pessoas nos postos fiscais e Células de Execução Tributária (Cexats), revendo a sua estratégia de atendimento. Como se tratam de rotinas de trabalho, a demanda levará alguns dias.

Por sua vez, os dirigentes sindicais exigiram que as demandas sejam implementadas com a mais brevidade possível.

A Diretoria Colegiada reitera que continuará lutando, diuturnamente, pela proteção e segurança de toda a categoria fazendária.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here