Ciclo de mobilização é encerrado na Cexat Itapipoca, com 100% das unidades visitadas

452

A Diretoria Colegiada do Sintaf encerrou ontem (4/2), na Cexat Itapipoca, o ciclo de mobilização dos fazendários cearenses. A programação contou com dois grupos de diretores percorrendo todas as unidades fazendárias da capital e interior do Estado. Os debates foram centrados nos pleitos emergenciais da categoria, a exemplo da incorporação do piso do PDF, e teve o objetivo de preparar os servidores para a paralisação dos próximos dias 10 e 11 de fevereiro – que acontecerá caso os projetos de interesse da categoria fazendária, enviados à Assembleia Legislativa, não estejam em conformidade com o que foi negociado com o Sintaf.

Nas reuniões, os fazendários compartilharam sugestões para a portaria do controle de frequência, cuja proposta será finalizada pelo Sintaf e apresentada à Administração Fazendária. Os servidores também manifestaram preocupação com as mudanças na lei da produtividade sem prévia discussão com o Sindicato, e concordaram com a revogação do Art. 2º do Decreto nº 33.430, que altera a legislação do PDF.

“Em todas as unidades visitadas, constatamos a consciência e a disposição da categoria em paralisar nos dias 10 e 11 de fevereiro, caso não haja um posicionamento oficial do governo”, destaca o coordenador regional do Sintaf na Zona Norte, Raimundo Filho. “Os colegas estão compreendendo que a união deve prevalecer em face da urgência de nossos pleitos. A categoria está, de fato, disposta a encampar a luta”, completa.

Além do coordenador regional, a visita à Cexat Itapipoca contou com a participação dos diretores Lúcio Maia, Carlos Brasil e Pedro Vieira.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here