Aeroporto de Fortaleza projeta 40% mais voos e o triplo de passageiros em março

60
| RECUPERAÇÃO | Movimentação no Aeroporto de Fortaleza no período é estimada em 3.369 partidas e chegadas, enquanto que, em igual mês de 2021, foram 2.394

Em março do ano passado, a capital cearense e o Estado como um todo viviam um segundo lockdown, com o avanço da variante gama pelo País e um número recorde de mortes por Covid-19. No Aeroporto de Fortaleza, o número de voos registrados no naquele mês foi de 2.394, 40,72% a menos que os 3.369 programados para março de 2022. Nesse comparativo, o número de passageiros foi ainda mais reduzido, 153 mil, ou 218,3% a menos que os 487 mil esperados para este mês.

Entre as razões para um cenário tão diferente, estão o avanço da vacinação e a demanda reprimida tanto de pessoas que adiaram viagens de lazer quanto de pessoas que voltaram a viajar a trabalho. O grande fluxo ainda é de visitantes de outras regiões do País.

A estimativa da Secretaria de Turismo de Fortaleza (Setfor) é que praticamente 100% dos voos com destino à Capital que eram realizados antes da pandemia estarão recuperados até o fim do mês. Por outro lado, os voos internacionais vindos para o Estado ainda representarão, ao fim de março, 35% do que era registrado no período pré-Covid-19.

Contudo, já há a confirmação ou a expectativa da retomada de rotas ligando a cidade a aeroportos de cidades estrangeiras, ao longo de 2022. Nesse sentido, a perspectiva pela transformação da pandemia em uma endemia, com consequentes reduções nas restrições ao turismo internacional favorece o otimismo do trade.

“Quando veio a variante ômicron nós não tivemos perdas de voos domésticos, pois adquirimos muita experiência ao longo desses dois anos em fortalecer um turismo seguro. O que estamos negociando agora são as retomadas de voos internacionais”, ressalta o secretário de Turismo de Fortaleza, Alexandre Pereira.

Ele acrescenta que companhias aéreas já confirmaram os primeiros voos de Fortaleza para destinos nos Estados Unidos, em até dois meses. “A partir de maio, Gol e Latam já retornam os voos para Miami. Estamos negociando também a retomada da rota Fortaleza-Buenos Aires, pela Gol. Aliás, eu soube também que em julho essa companhia retomará o destino Fortaleza-Orlando. Para nós, foi uma excelente surpresa”, comemorou o secretário.

“Já com a KLM estamos tratando a retomada do voo Fortaleza-Amsterdã. A TAP confirmou que os voos para Lisboa passarão a ser diários, a partir de julho, e a Air France que os voos para Paris voltaram a ocorrer duas vezez por semana. Então acredito que até setembro teremos retomado 50% das rotas internacionais que tínhamos antes da pandemia”, acrescentou Alexandre Pereira.

Quanto ao turismo doméstico, o titular da Setfor afirma que o volume de turistas esperado, de 468 mil visitantes, está até acima da média registrada nessa época do ano, a despeito dos altos preços das passagens, que preocupam no médio prazo. Ele defendeu o envolvimento de município, Estado e União para fazer frente ao problema.

“No Carnaval, por exemplo, nós fomos o segundo destino mais procurado. Estamos com voos esgotados, mesmo estando caríssimos, já que há demanda reprimida. Nós sabemos que as companhias estão com problemas e precisamos de políticas de Estado, especialmente no que se refere ao preço do combustível para a aviação”, afirmou. (Adriano Queiroz)

Fonte: O POVO

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here