Unidades do Cariri sofrem com carência de servidores e má infraestrutura

414

Na última semana, de 4 a 7 de outubro, os diretores Carlos Brasil, Remo Moura e José Oliveira percorreram nove unidades da Sefaz da região do Cariri, concluindo a viagem no posto fiscal de Campos Sales. Nas reuniões com os servidores, os principais problemas relatados dizem respeito à carência de servidores e má infraestrutura, o que prejudica a atividade fazendária.

As visitas regulares às unidades, a cada semestre, fazem parte do programa de ação da atual diretoria, com o intuito de manter o diálogo e estreitar o relacionamento com a base.

Redução dos quadros

Conforme relata o diretor de Organização do Sintaf, Carlos Brasil, desde a última mobilização à região do Cariri, em junho, os problemas continuam os mesmos. “No posto fiscal de Monte Alegre, apenas dois servidores se dividem em uma unidade que deve funcionar 24 horas”, criticou. O mesmo quantitativo de fazendários foi encontrado no P.F. de Campos Sales.

Nos núcleos de Juazeiro, Crato e Iguatu, segundo o relato dos fazendários, a quantidade de servidores continua diminuindo e o volume dos processos só aumenta, resultando na sobrecarga de trabalho. “Verificamos que na maior parte das unidades vários colegas estão aptos à aposentadoria”, informou Brasil.

Más condições de trabalho

Ao visitar o P.F. Ipaumirim, localizado na divisa com a Paraíba, os diretores avaliaram que não há condições nem mesmo para reforma. “O posto não tem pátio; os caminhões são parados na BR, o que oferece riscos aos fiscais e aos motoristas”, relatou Brasil. “O posto é mal localizado. O Sintaf defende que seja construída uma nova unidade”, acrescentou o diretor Remo Moura.

Na Cexat Iguatu, o prédio destinado às atividades da Sefaz foi cedido, em parte, para a Defensoria Pública. Agora, apenas o andar de cima pertence à Secretaria, servindo para o atendimento aos contribuintes e expediente interno.

Sou fazendário, sou Sintaf

A cada reunião com os fazendários, os dirigentes sindicais enfatizaram as bandeiras de luta do Sindicato, atualizaram sobre as últimas negociações ocorridas e colheram novas reivindicações dos servidores. Na oportunidade, eles reforçaram o lançamento da campanha “Sou fazendário, sou Sintaf”, que estimula novas filiações e a atualização dos dados dos servidores já filiados através do APP do Sintaf, disponível nas plataformas IOS e Google.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here