Nota à sociedade: Servidores cobram audiência pública com Governadora sobre reposição salarial

210

O Fórum Unificado das Associações e Sindicatos dos Servidores Públicos Estaduais do Ceará (Fuaspec) publicou nota à sociedade na edição do jornal O Povo desta quinta-feira (6/10), onde cobra audiência pública com a governadora Izolda Cela para debater o índice de reposição salarial dos servidores para 2023.

Confira o teor da nota:

Servidores cobram audiência pública com
Governadora
sobre reposição salarial

Os servidores públicos estão na ponta da execução das políticas públicas que assistem toda a população, sobretudo a mais vulnerável. Eles estão nos hospitais, nas escolas, no departamento de trânsito, nas universidades, nos postos de saúde. No entanto, diante de qualquer crise, eles são os primeiros a sofrerem cortes de salário e supressão de direitos.

Durante a pandemia, os servidores públicos tiveram o salário congelado por dois anos. Na retomada econômica, é justo que reivindiquem a reposição das perdas salariais.

As perdas salariais acumuladas de 2015 até junho deste ano – descontando-se a reposição de 10,74% em 2022 – é de 36,65%. Ou seja, os servidores tiveram mais de 1/3 de seu salário corroído pela inflação.

É por essa razão que, nesta quinta-feira, dia 6 de outubro, o Fórum Unificado das Associações e Sindicatos dos Servidores Públicos Estaduais do Ceará (Fuaspec) realiza um ato unificado no Palácio da Abolição com o intuito de obter o agendamento de uma audiência pública com a governadora Izolda Cela em conjunto com os movimentos sociais, associativos, populares e indígenas. Na pauta principal, a reposição salarial dos servidores para o ano de 2023 – uma decisão que ainda cabe à atual governadora.

A reposição anual das perdas inflacionárias é um direito dos servidores, previsto em lei, e que vem sendo descumprido pelo governo estadual nos últimos anos.

A governadora Izolda Cela deve anunciar, até o dia 10 de outubro, o percentual da reposição salarial das categorias de servidores(as) na Lei Orçamentária Anual (LOA), sobre o qual queremos ter a oportunidade do diálogo.

ATO UNIFICADO
06/10, quinta-feira, às 9h
Concentração: Secretaria da Administração Penitenciária (SAP) – Rua Tenente Benévolo, 1055, Meireles
Ponto de apoio: Receita Federal (acesso pela Rua Pereira Filgueiras)

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here