Estado antecipa pagamento de 13° para os servidores

18

O governador do Ceará, Camilo Santana, disse que vai antecipar para 21 de junho o pagamento da primeira parcela do 13° salário de 130 mil servidores públicos estaduais, incluindo ativos, inativos e pensionistas. “É um esforço para movimentar mais a economia do Estado, injetar dinheiro no comércio. No dia 21 de junho, praticamente R$ 500 milhões, e no final do mês mais R$ 1 bilhão da folha do Estado”, explicou o governador.

FOTO DIVULGAÇÃO GOVERNO DO ESTADO

A antecipação do pagamento do 13° representa R$ 500 milhões a mais circulando na economia, além do R$ 1 bilhão de pagamento da folha salarial de cada mês. Para a vice-governadora, Izolda Cela, a responsabilidade do poder executivo estadual diante dos desafios da pandemia da Covid-19, e está alinhada às ações desenvolvidas para toda a população. “Essa antecipação da parcela do 13° é mais um esforço para que nós possamos garantir conforto maior para as pessoas que têm, uma parte importante das famílias, suas rendas alteradas por conta das necessárias contenções”, frisou Izolda Cela.

A secretária de Fazenda do Ceará, Fernanda Pacobahyba, destacou que, assim como foi feito em 2020, a antecipação só é possível porque o governo está comprometido em manter o equilíbrio fiscal, sem perder de vista a importância do investimento público para desenvolver ações que aqueçam a economia frente aos efeitos da crise gerada pela pandemia. “A gente tem mantido essa liderança nos investimentos também. Essa injeção de dinheiro nos investimentos públicos, na folha de pagamento, mantendo a sustentabilidade fiscal do Estado, realizando novas obras que vão impactar a vida das pessoas, cria um ambiente transformador”, afirmou Fernanda Pacobahyba.

Ainda de acordo com a secretária, a pasta está em permanente diálogo com o setor produtivo para contribuir com estratégias de desenvolvimento para o Ceará. “Secretaria da Fazenda tem ladeado esse setor produtivo. Tem estado atenta às demandas desse setor. Essa sinergia positiva gera essa ambiência que hoje é o Estado do Ceará, um exemplo nacional”.

Apoio às famílias
O governador Camilo prestou solidariedade às famílias das vítimas da Covid-19 e citou as ações desenvolvidas para apoiar os cearenses. “Ampliamos o Cartão Mais Infância, pagando hoje R$ 100 por mês. A meta é chegar a 150 mil famílias, são mãezinhas que têm crianças de 0 a 6 anos. O Vale-Gás que foi entregue, a conta de água, de energia (isentas). É o Ceará Credi, em que nós estamos colocando R$ 100 milhões à disposição para microcrédito para gerar emprego. A coisa que nós precisamos nesse momento é gerar emprego, movimentar a economia. O Estado do Ceará tem feito tudo isso com diálogo, construção coletiva”.

Camilo Santana pediu ainda aos cearenses para manterem os cuidados necessários para evitar a infecção pelo coronavírus. “Use a máscara, evite aglomeração, colabore neste momento, porque estamos perto de superarmos este momento desafiador e difícil”.

O Estado

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here