Telefone fixo: Anatel aprova aumento nas tarifas locais

26

Alteração incide sobre planos básicos e entra em vigor a partir de 23 de setembro

Os planos básicos de serviços de telefonia fixa devem sofrer reajuste a partir de 23 de setembro deste ano, com impacto máximo de 14,133% sobre a cesta contratada, segundo informou a Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel).

A alteração deve-se à aprovação de reajuste na tarifa local cobrada pelas concessionárias na última reunião do conselho da Anatel, na quinta-feira, 9.

Usuários da OI SA e da Telemar – ambas empresas do mesmo grupo econômico e com atuação no Ceará – terão reajuste máximo de 12,598% na cesta local.

A maior variação aprovada na reunião do conselho da Anatel foi para a cesta da Sercomtel, de 14,133%. Mas Algar Telecom (7,257%) e Telefônica (11,819%) também passaram por ajustes.

Números da telefonia fixa

Mercado marcado pela redução nas conexões desde a popularização da telefonia móvel, a telefonia fixa ainda acumula cerca de 30 milhões de acessos no Brasil, segundo os dados compilados pela Anatel em junho.

Com um total de 573.498 contratos de telefonia fixa ativos, o Ceará é o terceiro da região no setor. Bahia (952.841) e Pernambuco (647.551) lideram os contratos na Região, que acumula um total de 3,23 milhões acessos.

O Ceará é apenas o 19º estado do País em acessos por mais de 100 domicílios, a chamada densidade da telefonia fixa. A média cearense é de 19,35 conexões a cada 100 domicílios.

Entre os estados do Nordeste é o segundo, abaixo apenas de Pernambuco, que possui 20,87 acessos a cada 100 domicílios. No topo, estão o Distrito Federal (71,14), São Paulo (70,24) e Rio de Janeiro (56,76).

Já as menores densidades, segundo a Anatel, estão em Maranhão (10,95), Alagoas (12,45) e Pará (13,79).

Fonte: O Povo

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here