Sintaf homenageia professores em seu dia

237
“Se não morre aquele que escreve um livro e planta 
uma árvore, com mais razão não morre o educador 
que semeia vida e escreve na alma”
Bertolt Brecht
É fato que os professores desempenham um papel fundamental para a educação e o futuro da humanidade, e há aqueles que conseguem deixar uma marca indelével em nossas vidas. Estes, para além da profissão, são verdadeiros educadores, que realmente abraçaram a mais sublime das missões.
O piso salarial do país para um docente em jornada de 40 horas semanais é de R$ 2.455,35, quase 1/3 da média dos membros Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE). Nesse ranking, o Brasil só fica atrás da Indonésia. Mesmo assim, em 55% dos municípios brasileiros, o piso não é respeitado, segundo o Ministério da Educação.2
As dificuldades não param por aí. No Brasil, segundo dados do Censo Escolar de 2016, 58% das escolas de Ensino Fundamental não possuem rede de esgoto, e em 11% delas também falta água e energia elétrica. Mais da metade não possui laboratório de informática, e 65% não tem acesso à internet.3
Lidar com as dores emocionais dos alunos também é difícil, visto que muitos são obrigados a enfrentar um contexto de desemprego, desajuste familiar e violência, o que gera dificuldades na aprendizagem e baixa autoestima.
Nesta data, em que comemoramos o Dia do(a) Professor(a), mais do que parabenizar todos os profissionais pelo empenho e pela dedicação com que se entregam às nobres tarefas de ensinar e educar, queremos reafirmar nossa luta pela valorização de cada professor e professora deste país, certos de que toda sociedade desenvolvida tem a educação como fator primordial e a educação é a arma mais poderosa que podemos utilizar para transformar o mundo.
Parabéns, professor(a), pelo seu dia!
Referências

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here