Servidores do Sine/IDT paralisam atividades no Ceará

143


O corte de 30% pode resultar na demissão de 80 funcionários


Servidores do Sine/IDT paralisaram as atividades nas 32 unidades no Ceará na manhã desta quinta-feira (28). Segundo a categoria, a manifestação acontece para protestar o corte no orçamento repassada pelo Governo do Estado. Os servidores informaram que o corte é de 30% , resultando no fechamento de 14 postos do seviço e a demissão de 80 funcionários.


Na unidade do Centro de Fortaleza, cerca de 80 pessoas costumam ser atendidas diariamente. Entretanto, quem procurou a unidade nesta quinta-feira encontrou apenas cadeiras vazias e luzes apagadas.


Nataniel de Oliveira Valente foi demitido há um mês e resolveu procurar a unidade do Centro para entregar a documentação e dar entrada no seguro desemprego, mas foi pego de surpresa. “Como é que o cidadão fica? Agora vai ter que ficar batendo de porta em porta atrás de emprego? Só quem perde é a população”, lamentou.


Os servidores que protestaram informaram que, a partir desta sexta (29), as unidades vão atender normalmente.


Em nota, a Diretoria Executiva do Instituto de Desenvolvimento do Trabalho (IDT) informou que as unidades “terão expediente normal” nesta quinta.


A Secretaria do Desenvolvimento Econômico e Trabalho (Sedet), a quem o IDT é vinculado, garantiu que “não haverá redução dos serviços prestados” pelo instituto. Segundo a Sedet, “o órgão passará por uma readequação com o objetivo de otimizar os recursos, mas sem prejuízo para a população”.