Sefaz comemora Dia do Fazendário e lança livro que conta a história do órgão

25

A Secretaria da Fazenda do Ceará (Sefaz-CE) realizou, nesta terça-feira (28), no auditório do órgão, uma cerimônia em comemoração aos 185 anos da instituição e ao Dia do Servidor Fazendário, celebrado nesta data. O encontro contou com a participação da secretária da Fazenda, Fernanda Pacobahyba. do secretário da Cultura do Ceará, Fabiano Piúba; e de dezenas de servidores e colaboradores da Sefaz. Representantes das entidades fazendárias também estiveram presentes.

A secretária Fernanda Pacobahyba destacou a importância dos servidores fazendários para o desenvolvimento do Estado e festejou o aniversário da Fazenda. “Cada um de nós passará e a Sefaz estará aqui outros tantos 185 anos. Estamos aqui não por governos. Estamos aqui demandados por uma população que precisa muito da gente. E a Sefaz admitiu por missão, em 2019, ‘melhorar a vida das pessoas’. Não simplesmente arrecadar. É superimportante que o fazendário se veja representado na ação da professora, do enfermeiro, do médico que está salvando vidas, do policial que está nas ruas. Tudo isso é possível por conta da classe fazendária.”

O secretário Fabiano Piúba também elogiou a atuação da categoria fazendária. “A missão da Sefaz está muito bem estabelecida quando traz a dimensão da sociedade. Cada política pública de saúde, educação, cultura, passa por esta casa. A Sefaz, ao longo de seus 185 anos, tem tido a responsabilidade de gerir esse tesouro da sociedade. Celebrar os 185 anos é celebrar uma política de estado. O Ceará é uma referência na gestão fiscal no Brasil, gera parâmetros de políticas para outros estados e isso é fruto do trabalho de cada um dos senhores e senhoras.“

A secretária de Planejamento e Gestão Interna da Sefaz, Sandra Machado, ressaltou que cada servidor e colaborador contribui com a Instituição. “Somos como um quebra-cabeça de 2 mil peças hoje. E só conseguimos visualizar a imagem completa com todos que fazem parte desta Secretaria. Por isso, é importante estarmos ciente do nosso papel e do valor que estamos agregando a esse órgão.”

Também se manifestaram sobre o Dia do Fazendário os representantes das entidades fazendárias: União dos Funcionários Fazendários Estaduais do Ceará (Uffec); Associação dos Aposentados Fazendários Estaduais do Ceará (Aafec); Caixa de Assistência dos Servidores Fazendários Estaduais (Cafaz); Sindicato dos Fazendários do Ceará (Sintaf); e Associação dos Auditores Fiscais da Receita Estadual e dos Fiscais do Tesouro Estadual do Estado do Ceará (Auditece).

Projeto Sefaz 185

A coordenadora de Relações Institucionais (Corins), Germana Belchior, contou que, durante seis meses, muitas pessoas estiveram dedicadas à realização do projeto Sefaz 185. “Tivemos a reinauguração e a institucionalização do Centro de Memória da Fazenda; a obliteração do selo e carimbo alusivos aos 185 da Sefaz; o lançamento do cartão postal com as obras em aquarela sobre papel, do artista plástico e servidor fazendário Walber Feijó, entre tantas outras ações. Então, deixo registrado o meu agradecimento às pessoas que fizeram parte da Comissão desse projeto e também a todas as pessoas que contribuíram para a realização deste momento.”

A gestora informou ainda que todos os servidores e colaboradores receberão os cartões postais, que serão enviados para as unidades de trabalho.

Lançamento

Na ocasião, também foi realizado o lançamento da segunda edição do livro “Sefaz: Tributo à História”, de coautoria de Walda Weyne, Márcio Amorim, Carla Vieira, Weber Porfírio e Germana Belchior. O título é uma ampliação da obra original publicada em 2006, durante a comemoração dos 170 anos da Secretaria da Fazenda.

Nesta segunda edição, a historiadora Carla Vieira realizou a atualização do Capítulo V, que engloba o período de 2003 a 2020. Já a fazendária Germana Belchior acrescentou conteúdo ao Capítulo VI, referente aos programas, projetos e ações no campo da Educação Fiscal da Secretaria entre os anos de 2003 e 2021. A publicação traz um novo capítulo que fala sobre os servidores da Sefaz. Também aborda a história das instituições fazendárias e apresenta toda a trajetória do Centro de Memória da Fazenda.

“O livro avança mais 15 anos na história da Sefaz, mas também permite um olhar retrospectivo. Essa obra não traz apenas a trajetória da Secretaria da Fazenda, mas fala sobre a importância do tributo. Percorrer os capítulos deste livro proporciona ao leitor também conhecer a história do Estado do Ceará”, declarou a coautora Carla Vieira.

Centro de Memória

A supervisora do Núcleo de Cidadania Fiscal da Sefaz, Clarissa Barroso, observou a relação do novo espaço com a educação fiscal. “O Centro de Memória é um local ideal para se formar cidadãos, os protagonistas da educação fiscal. Um lugar não apenas para se observar, mas um espaço de estímulo ao conhecimento e à participação do público. A educação fiscal e o Centro de Memória andarão de mãos dadas e com a nobre missão de melhorar a vida das pessoas”. Ela disse ainda que, além das exposições, serão realizadas diversas atividades, como ciclos de palestras e debates em torno de temas ligados à educação fiscal, à história e às artes.

Na ocasião, os servidores e colaboradores conheceram virtualmente o Centro de Memória da Fazenda, durante apresentação do site centrodememoria.sefaz.ce.gv.br pela gestora cultural e colaboradora da Sefaz, Mariana Ratts. Também foi exibida a exposição Notas de Memória, pela produtora cultural Eliene Magalhães, da Butuca Produções Culturais.

A cerimônia contou ainda com a apresentação musical do cantor Waldonys, do Coral da Sefaz, do sanfoneiro Zé do Norte e do saxofonista e servidor fazendário, Luiz Fernando Pinheiro. Para finalizar o evento, o público cantou os parabéns pelos 185 anos da Secretaria da Fazenda do Ceará.

O vídeo completo do evento em comemoração ao Dia do Fazendário pode ser visto abaixo:

Fonte: Sefaz CE

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here