Prova de vida de servidores estaduais acaba neste mês; 35 mil podem ter salário suspenso

35

Mais de 35 mil servidores estaduais ainda não realizam o recadastramento e prova de vida junto à Fundação de Previdência Social do Estado do Ceará (Cearaprev). O prazo para regularização de pendências segue até 31 de agosto.

O procedimento é obrigatório para servidores da ativa, aposentados e pensionistas. Quem não realizar a prova de vida até o fim do mês corre o risco de ter salário ou benefício suspenso da folha de pagamento em setembro.

O presidente da Cearaprev, João Marcos Maia, explica que neste ano o processo pode ser feito de forma online, sem a necessidade de deslocamento, através de um aplicativo desenvolvido pela própria instituição.

“Assim como o INSS, todo órgão gestor de previdência é obrigado a fazer o recadastramento e a prova de vida anualmente. Em 2020 não houve por conta da pandemia. Então, desenvolvemos esse aplicativo e estamos realizando este ano”, afirma.

Chamado Cearaprev Online, a plataforma está disponível para os sistemas Android e iOS desde janeiro deste ano.

Como realizar a prova de vida

  • Para fazer a prova de vida em casa, os servidores precisam realizar o download do aplicativo e informar os dados de login do sistema ‘Guardião’, a partir do CPF e senha.
  • O Guardião é um servidor da Secretaria de Planejamento e Gestão (Seplag) para evitar que estranhos tenham acesso aos dados dos servidores.
  • Realizado o login, o servidor deverá corrigir dados que estiverem errados ou informações que sofreram mudanças.
  • O passo seguinte é tirar fotos dos documentos pedidos pelo aplicativo, como CPF e título de eleitos, enviando-as pela própria plataforma.

“Aqui nós temos um sistema que faz a leitura das imagens e as transforma em dados. Automatizamos todo o processo”, ressalta o presidente da Cearaprev.

Outros canais de atendimento

Até o momento, 105 mil servidores já realizaram a prova de vida. Destes, 85% utilizaram o aplicativo para cumprir a obrigação. No entanto, os outros 15% tiveram alguma dificuldade em manusear a plataforma disponibilizada.

Para esses casos, a Cearaprev conta com um call center que pode ser acionado pelo número (85) 3108-0135 para dar orientações e tirar dúvidas.

Caso ainda assim o servidor não consiga completar a prova de vida, ele pode agendar, também pela central de atendimento, um atendimento presencial na sede da Cearaprev.

Já para aqueles que tiverem algum tipo de deficiência física, mental ou qualquer outra comorbidade que impeça a locomoção, é possível ainda agendar um atendimento domiciliar.

Fonte: Diário do Nordeste

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here