Páscoa: Por uma sociedade transformada e ressuscitada

67



 


Páscoa, do hebraico Pessach, significa passagem. É uma grande festa para os cristãos, que se reúnem para celebrar a Ressurreição de Jesus Cristo, Sua vitória sobre a morte e Sua passagem transformadora em nossa vida.


Com a Páscoa o mundo se renova e começa uma nova perspectiva de história, porque o Cristo Ressuscitado convoca os cristãos a construírem uma humanidade diferente.


No caminho da Páscoa é importante o desapego de ideias antigas. É hora de pensar mais alto e olhar para frente com fermento novo e firmar os pés naquilo que é capaz de dar rumo certo aos nossos ideais.


Não podemos ficar numa situação de trevas, de incertezas, como aconteceu com os discípulos de Jesus após Sua morte na cruz. Não sabiam ainda da Ressurreição do Senhor, mesmo sabendo que o sepulcro tinha sido encontrado vazio. Custaram a entender as promessas do Mestre, nas quais estava inscrito que a morte traria vida nova.


Todos nós estamos em busca de um novo mundo, de uma sociedade transformada e ressuscitada para o bem e para a paz. A Páscoa deve ser vida nova, superior a todo o passado de imperfeições e maldades. É olhar para frente com esperança e na certeza de bons frutos – resultado do esforço valoroso daqueles que praticam bons atos.



Compilado do artigo “Páscoa: Um tempo se inicia”, do site Canção Nova

 


Jesus Cristo, em sua trajetória terrena, lutou por uma sociedade mais justa, sem discriminação e com melhor distribuição de renda. Ele lutou pelos mais humildes, para que estes tivessem uma vida digna. E essa luta agora é nossa.

O Sintaf deseja uma Feliz Páscoa a todos os fazendários! Que a união de toda a categoria seja sempre a nossa força!