Mais de oito mil candidatos disputam 94 vagas na SEFAZ-CE

49

Um total de 8.234 candidatos do concurso da Secretaria da Fazenda (Sefaz-CE) realizou provas no domingo (15), em 40 locais de Fortaleza. No primeiro turno, foram realizadas as avaliações objetivas e no segundo, as provas discursivas. São 94 vagas de nível superior, sendo 69 para provimento imediato e as restantes para cadastro de reserva.

De acordo com o Centro Brasileiro de Pesquisa em Avaliação e Seleção e de Promoção de Eventos (Cebraspe), a seleção da primeira e segunda etapas do concurso foram realizadas sem intercorrências.

A banca contratada para seleção publicou ainda que a divulgação do gabarito oficial preliminar dos exames objetivos e do padrão preliminar de respostas da avaliação discursiva está previsto para o dia 17 de agosto e os recursos poderão ser interpostos até o próximo dia 19.

Cargos
Joel Alcântara, de Maceió (AL), foi um dos candidatos que veio a Fortaleza para concorrer ao cargo de Auditor Fiscal Jurídico. “A expectativa é boa, pois tenho me preparado para esse momento. Então, espero me sair bem nas provas”, declarou antes das avaliações objetivas do certame. Para o posto de Auditor Fiscal Jurídico, são 20 oportunidades, sendo três para a ampla concorrência, uma para deficiente, uma para negros/negras e 15 vagas para cadastro de reserva.

Também foram realizadas provas para o cargo de Auditor Fiscal Contábil-Financeiro que conta com 13 vagas, sendo três destinadas à ampla concorrência e dez vagas para cadastro de reserva. Já para o posto de Auditor Fiscal de Tecnologia da Informação há 11 vagas. O salário inicial, para todos os cargos, é de R$ 16.045,30 para carga horária de 40 horas semanais.

A secretária da Fazenda do Ceará, Fernanda Pacobahyba, visitou a parte externa de alguns locais de prova para desejar boa prova aos candidatos. “É um dia histórico para a Secretaria da Fazenda, depois de 15 anos sem concurso público para a instituição”.

A seleção é dividida em três fases. Neste domingo, foram realizadas duas etapas: a primeira, com as provas objetivas de conhecimentos gerais e específicos, e a segunda, composta de prova discursiva de conhecimentos específicos. Já o terceiro e último ciclo será de prova de títulos para os candidatos aprovados nas etapas anteriores, com caráter exclusivamente classificatório. Didatos que acreditam na nossa causa e que querem estar conosco”, destacou.

Fonte: O Estado CE

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here