Janaina Paschoal diz estar chocada com presidente Bolsonaro

238


A deputada Janaina Paschoal (PSL-SP) disse estar chocada com o presidente Jair Bolsonaro pela indicação do filho Eduardo para o cargo de embaixador nos Estados Unidos.


“Não poderia de jeito nenhum. Não estou desmerecendo o Eduardo. Eu vejo que ele é um dos políticos com futuro mais promissor. Agora, o presidente da República não pode indicar o filho embaixador. Será que nenhum diplomata presta no país? Na minha leitura, isso fere a lei de improbidade administrativa e é ilegal”, diz Janaina ao UOL. “Eu estou chocada que no início do governo o presidente esteja fazendo isso. Não é comparável com os desvios bilionários, mas não é certo. Eu achava que ele não cometeria erros como esse”, afirma a deputada.


A deputada mais votada na história do país também criticou a decisão do presidente do Supremo Tribunal Federal (STF) Dias Toffoli de suspender processos com dados compartilhados pelo Coaf, que beneficiou Flávio Bolsonaro, filho do presidente.


 “A inteligência do ministro [Toffoli] é incontestável, mas infelizmente, a meu ver, está sendo usada para o mal”.


Janaina Paschoal disse ainda na entrevista que o presidente Bolsonaro precisa ouvir algumas verdades. “Só não diz ela mesma porque, em suas palavras, não tem intimidade para isso”.