Governo anuncia início da vacinação de pessoas entre 12 e 17 anos

29

Como sequência à campanha de imunização contra a covid-19 no Ceará, no início desta semana, os efetivos de saúde municipal, de Fortaleza, e estadual determinaram uma data prévia para o início da vacinação de jovens entre 12 e 17 anos. Com perspectiva de aplicar doses do imunizante no público correspondente a essa faixa etária a partir do final de agosto, a Secretaria da Saúde do Ceará (Sesa) alerta para a necessidade da realização do cadastro para participar da campanha. A inscrição deve ser efetuada por meio da plataforma Saúde Digital, da Sesa, acessando o site https://vacinacaocovid.saude.ce.gov.br/#/boas-vindas. Segundo o último balanço divulgado, até o último dia 20, foram realizados 386.377 cadastros referentes ao perfil a ser contemplado.

De acordo com o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), atualmente, no Ceará, existem 1.049.462 jovens nesta faixa etária. Diante deste número, o secretário da Saúde reforçou o discurso da importância de vacinar toda a população cearense para tentar neutralizar o avanço do novo coronavírus no estado. “Estamos trabalhando com o cidadão no centro de todas as ações da Saúde. Por isso, temos o compromisso, sempre pautados pela ciência, de vacinar toda a população cearense contra a Covid-19”, enfatizou.

Para efetuar o cadastro no Saúde Digital, o jovem deve informar seu nome completo, CPF, data de nascimento, raça, número do cartão nacional de saúde e telefone para contato. A Sesa destaca ainda a necessidade de preencher corretamente e com informações verdadeiras o cadastro, além de conferir todos os dados antes da finalização do procedimento, sob pena de não ser agendado para a vacinação e para dar celeridade à aplicação do imunizante. Ademais, a Secretaria aponta que o ato de cadastrar as pessoas que não possuem acesso à internet é de responsabilidade das prefeituras municipais.

Após a imunização de grupos prioritários, o foco da campanha no Ceará é vacinar, até o final de agosto, a população mais jovem para evitar que seja contaminada e difunda o vírus no estado, como avalia a secretária executiva de Vigilância e Regulação da Sesa, Magda Almeida. “Crianças e adolescentes também podem adoecer e, consequentemente, fazer o vírus circular, então é um grande avanço na campanha de imunização”. “A gente conclui [a vacinação em pessoas a partir de 18 anos] com louvor em agosto, pelo menos nos grandes municípios, e avança para uma nova faixa etária”, afirma. Por enquanto, o único imunizante permitido pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) para a vacinação dessa parcela da população é o da Pfizer

Dados
Conforme a atualização do Vacinômetro da Sesa, divulgada nessa segunda-feira (23), 7.147.502 doses foram aplicadas em todo o estado. Desse total, 4.949.746 foram de primeira dose (D1), 2.041.935 de segunda (D2) e mais 155.821 de dose única do imunizante da Janssen. Do quantitativo estadual, 1.927.202 doses, sendo 1.424.845 D1 e 502.357 D2.
Dados que a Sesa afirma disponibilizar diariamente, desde o início da campanha de imunização no Ceará. Para atingir os números citados os efetivos de saúde cearenses utilizam quatro tipos de imunizantes: Coronavac. AstraZeneca, Pfizer e Janssen.

Fonte: O Estado CE

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here