Fuaspec cobra retomada da Mesa de Negociação Permanente

403

Representantes do Fórum Unificado das Associações e Sindicatos dos Servidores Públicos Estaduais (Fuaspec) se reuniram novamente na manhã desta quinta-feira (27/2), na sede da Fundação Sintaf. O objetivo foi avaliar a conjuntura atual, diante da greve dos policiais do Estado, ataque ao serviço público e à democracia, campanha salarial em curso e defasagem salarial acumulada de 26%. Dentre os encaminhamentos, está a retomada da Mesa Estadual de Negociação Permanente (MENP Central), prevista em lei, que será cobrada junto à Secretaria de Planejamento e Gestão (Seplag).

Para os dirigentes sindicais, é fundamental planejar, reforçar e dar nova amplitude à luta, com o apoio das bases. “O cenário é muito complexo. Os servidores lutam por direito, quando muitos elegeram um governo cujo projeto é destituir direitos”, afirmou Cleyton Magalhães, diretor do Sindiodonto. Ele defendeu a participação massiva dos servidores nos atos de 8 e 18 de março, em defesa dos direitos e da democracia.

Lúcio Maia, diretor de Organização do Sintaf, destacou ainda os perigos da proposta do governo para a Reforma Tributária. “A filosofia do governo é Estado Mínimo. O objetivo é reduzir a carga tributária para 20%, chegando ao patamar de países como México e Chile, onde o Estado é tão ausente que suas atividades fins, como educação, saúde e segurança, são precárias”, criticou.

O diretor propôs a publicação de uma nota de repúdio contra a atitude do presidente Bolsonaro, que no último dia 25 convocou, em vídeos pelo WhatsApp, atos em apoio ao seu governo e contra os Poderes Legislativo e Judiciário. “Isso é muito grave. É preciso combater essa conduta de reiteradas ameaças à democracia”, alegou Lúcio.

Encaminhamentos

• Retomada imediata da Mesa Estadual de Negociação Permanente (MENP Central), para negociar a reposição salarial dos servidores estaduais;
• Nota do Fuaspec à sociedade em defesa da democracia e do serviço público, em benefício da sociedade;
• Participação massiva das lideranças sindicais e da base nos atos dos dias 8 e 18 de março;
• Próxima reunião de planejamento no dia 2 de março, a partir das 9h, na Fundação Sintaf.

Nova coordenação

A eleição para a composição da nova coordenação geral do Fuaspec (triênio 2020-2023) foi realizada na manhã do último dia 18 de fevereiro, na sede do Sindicato dos Trabalhadores no Serviço Público Estadual do Ceará (MOVA-SE). Era necessário, ainda, definir as pastas dentre as cinco entidades mais votadas, o que aconteceu na manhã de hoje (27/2).

A composição da nova coordenação do Fuaspec ficou definida da seguinte forma:
Coordenação geral: Sindetran (titular); Sindsaúde (adjunta)
Coordenação financeira: ASSEEC (titular); SINDSOP (adjunta)
Coordenação jurídica: SINSEMPECE (titular); ASPRAMECE (adjunta)
Coordenação da Comunicação: MOVA-SE (titular); Assecult (adjunta)
Coordenação da Secretaria: ASTDS (titular); ASSEMA (adjunta)

O diretor de Organização do Sintaf, Lúcio Maia, parabenizou a nova coordenação eleita. “A luta continua! Não mediremos esforços para recuperar nossos salários, que estão defasados em mais de 1/4″, reforçou. O Sintaf, que na última gestão compôs a coordenação do Fuaspec, continuará na assessoria técnica do Fórum. “Desde 2007 o Sintaf está conosco. Será sempre um braço forte do Fórum”, agradeceu Rita Gomes, presidente da ASSEEC.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here