Fazendárias celebram Dia Internacional da Mulher

261


“Mulher Fazendária, Um Novo Olhar” foi o tema do seminário comemorativo ao Dia Internacional da Mulher, ocorrido na manhã desta sexta-feira (8/3), no auditório da Sefaz. O evento foi realizado pelo Sintaf e a AAFEC, em parceria com a Sefaz e a Fundação Sintaf. Foi uma manhã de homenagens, muita música e reflexão sobre os desafios a serem superados.


 


O seminário contou com acolhida musical de Rebeca Câmara, Aparecida Silvino e Dudu Holanda. Em seguida, entrou em cena o Coral da Sefaz, que encantou os presentes com “Maria, Maria”, de Milton Nascimento, e “A Paz (Heal The World)”, do cantor Daniel.


 


Mesa de abertura


 


Na saudação aos presentes, o diretor de Organização do Sintaf, Lúcio Maia, destacou que a mulher exerce papel fundamental na sociedade, como liderança familiar, educadora e profissional. “Hoje dependemos muito da mulher em todos os setores da sociedade – e na Sefaz não é diferente”, ressaltou.


 


A coordenadora da Assessoria de Relações Institucionais da Sefaz, Germana Belchior, que ali representava a secretária da Fazenda, Fernanda Pacobahyba, evidenciou o fato de a Instituição ter, hoje, uma mulher como gestora máxima pela primeira vez. “Ser mulher hoje é um grande desafio. Entretanto, ao mesmo tempo em que comemoramos as conquistas, há sempre mais a ser feito pelas mulheres. Muitas hoje ainda sofrem todo tipo de violência e não podem expressar sua dor”, disse.


 


Gentil Rolim, presidente da AAFEC, recordou o tempo em que a Secretaria da Fazenda era uma Instituição feita por homens. “Hoje as mulheres estão dominando a Sefaz. E não poderia ser diferente”, comemorou. O presidente da Cafaz, Marcus Ferreira, declamou uma poesia em homenagem às mulheres e completou: “Convido todas as mulheres a cuidarem de sua saúde física e emocional. A Cafaz tem programas de prevenção para isto”.


 


O presidente da UFFEC, Luís Pontes, reconheceu a força das mulheres e a grande influência das mesmas na vida dos homens. Já a diretora-geral da Fundação Sintaf, Yvelise Benzi (Nina), enalteceu o fato de a entidade ser gerida por quatro fazendárias. “Convido todas as mulheres a se lançarem como lideranças. A mulher tem esse toque diferente, de firmeza e ao mesmo tempo doçura. A gente se desconstrói para se construir melhor a cada dia”, afirmou.


 


História de Superação




“O que realmente é importante para você?” foi o tema da palestra da coaching Lívia Vasconcelos. Seu relato foi, essencialmente, um testemunho de superação. Diagnosticada nos primeiros dias de vida com uma doença rara na coluna, Lívia ultrapassou todas as dificuldades e hoje é coaching, estudante de direito, palestrante motivacional e diretora do Instituto que leva o seu nome.


 


Para Lívia, as dificuldades são detalhes. “Tem gente que apenas existe, não vive. Por estarem fora do padrão, muitos deixam até de sair de casa, de ir a uma praia. Eu recebi muitos nãos e fui além de muitos prognósticos negativos. Aprendi que o que importa é agarrar todas as oportunidades, ser feliz e viver”, enfatizou.   


 


Mulheres talentosas


 


No encerramento, o evento contou com show das mulheres talentosas, que costumam participar do Sarau da AAFEC, aberto à participação de todos os fazendários. Apresentaram-se, no palco, com o acompanhamento de Rebeca Câmara, Juanita Mota, Wilca Hentel, Marta Vieira, Damares e Fernanda Bessa.