“É responsabilidade de todos lotar a Assembleia e definir os rumos da luta”, destacam diretores sobre incorporação do piso

149


A mobilização das unidades fazendárias continua forte. O principal chamado é para a participação massiva dos fazendários na Assembleia Geral desta sexta-feira (24/8), para definir os encaminhamentos da luta pela incorporação do piso do PDF aos vencimentos e proventos de aposentadoria. Ontem os diretores do Sintaf percorreram todas as unidades das sedes da Sefaz, pela manhã e à tarde. Hoje a Cexat Horizonte e o P.F. Edson Ramalho também receberam a visita de dirigentes do Sindicato.


 


“A negociação voltou à estaca zero, já que a proposta inicial de incorporação dos 25% do piso não foi encaminhada pela cúpula do governo, nem o Governador nos recebeu para discutir o pleito”, afirmou o diretor de Organização do Sintaf, Lúcio Maia, criticando o fato de o Chefe do Executivo estadual não priorizar a reivindicação dos fazendários. A Diretoria defende que o projeto de incorporação do piso do PDF seja aprovado ainda este ano, após as eleições, garantindo-se os seus efeitos legais e financeiros.


 


Para o diretor Bira Fontenele, o termômetro para a categoria demonstrar a sua insatisfação é lotar o auditório da Sefaz. “É na Assembleia que iremos definir os rumos da luta”, afirmou o diretor, conclamando a participação dos servidores ativos e aposentados.


 


Os dirigentes sindicais destacaram ainda que, dada a insegurança jurídica que ameaça a remuneração dos fazendários, a hora de agir é agora. “Nosso pleito é justo e não podemos aceitar perdas que terão um grande impacto em toda a categoria”.