Com gasolina mais cara, etanol é mais vantajoso?

40

O preço médio do litro da gasolina subiu pela segunda semana seguida nos postos de combustíveis após o aumento do Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) sobre o diesel, a gasolina e o gás de cozinha. Com isso, o preço médio da gasolina nos postos brasileiros subiu R$ 0,19 por litro. A medida vale para todos os estados e está em vigor desde o dia 1º de fevereiro. Segundo dados divulgados pela Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP) nessa terça-feira (20/02), em pesquisa referente à semana de 11 a 17 de fevereiro, a gasolina está em valor equivale a um aumento de 0,17% em relação aos R$ 5,75 da semana anterior.
Com isso, no Ceará, o preço médio do etanol está em R$ 4,56, enquanto o da gasolina está em R$ 6,09. Com esses valores, o Ceará segue ostentando uma das gasolinas mais caras da Região Nordeste, perdendo apenas para Sergipe (R$ 6,10). Com isso, fica o questionamento: para o consumidor, é mais vantajoso abastecer com etanol ou com gasolina no Ceará?
De acordo com o economista Ricardo Coimbra, o cálculo que chega a tal conclusão é feito da seguinte forma: “É uma relação entre o preço do etanol e o da gasolina. Se esse percentual for menor a 70%, é mais interessante usar álcool. Já se for maior é melhor abastecer com gasolina. Isso ocorre em função do processo de combustão de cada combustível na utilização do veículo. É como se o etanol queimasse mais rápido do que a gasolina. Os preços médios que estão sendo praticados no Ceará, significa dizer que não é interessante o etanol e sim a gasolina nesse momento”, explicou.
O comerciante Raimundo Cavalcante, de 65 anos, tem uma locadora de veículos em Fortaleza e tem abastecido a sua frota com gasolina. “Infelizmente temos o combustível mais caro do Nordeste. Mais uma vez o consumidor não tem condição de se insurgir, pois o mercado é quem manda. Aqui tenho abastecido com gasolina, muito embora considere o valor da economia baixo, mas o importante é economizar, mesmo que pouco, visto que temos tantas outras despesas e tributos a pagar ao longo do ano. Muitas vezes se economiza pouco e a sensação é que é imperceptível, mas na realidade não é assim. Toda economia é válida e deve ser feita”, disse.
O aumento do imposto estadual em fevereiro foi o primeiro desde que o ICMS passou a ser cobrado em reais por litro, em vez de um percentual sobre o preço de venda estimado. A mudança foi aprovada ainda durante o governo de Jair Bolsonaro (PL), mas começou a ser praticada apenas em 2023. Os estados aumentaram também o ICMS sobre o diesel e sobre o botijão de gás. Segundo a ANP, o preço do diesel S-10 subiu R$ 0,06 esta semana, para R$ 5,98 por litro. Já o botijão de gás ficou R$ 1,27 mais caro com o novo ICMS, também com repasse menor do que os R$ 2,06 de aumento do ICMS. Em média, segundo a ANP, o produto foi vendido no país esta semana a R$ 101,94.

Ainda pode haver aumento?
Com isso, o consumidor deve perguntar: ainda poderá ocorrer aumento dos combustíveis neste ano? Na avaliação do consultor na área de combustíveis e energia e presidente do Sindicato das Agências de Navegação Marítima e dos Operadores Portuários do Ceará (Sindace), Bruno Iughetti, a perspectiva é que os preços da gasolina e do diesel se mantenham equilibrados ao longo deste ano. “Estamos com defasagem significativa em relação ao preço internacional desses produtos, com prática de preços abaixo do que está sendo verificado no exterior. Com relação ao etanol hidratado, esse ano estamos experimentando grande oferta do produto, visto o desenvolvimento da safra, principalmente no Centro Sul do país. A produção tem ultrapassado as expectativas e isso é benéfico para o consumidor, tanto que em mais da metade dos estados está sendo compensador o abastecimento de etanol em relação à gasolina. Para o público consumidor, recomendamos fazer relação entre o preço ofertado do etanol e da gasolina no posto. Até 70% da gasolina é vantagem abastecer com etanol”, explicou.

Fonte: O Estado CE

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here