“Célio Freire e seu voo!”, por Cristina Fonsêca

429

O Sintaf publica a homenagem de Cristina Fonsêca a seu companheiro de luta e de vida, Célio Freire, falecido ontem (2/5). Célio presidiu o Sintaf em duas gestões, de 1993 a 1997, assim como Cristina, que foi diretora de Organização do Sindicato de 1997 a 2003.

Célio Freire e seu voo

Célio Freire, guerreiro, amante da vida, participante das lutas sindicais e libertárias.

Lutou com bravura e resiliência pela vida, driblando uma doença pulmonar, desde 2017, que se agravou nesse início de 2020.

Foi um grande guerreiro, como em toda sua história de vida.

No aconchego de casa, com humanidade e dignidade, travou essa batalha pela vida!

Neste 02 de maio de 2020, no início da tarde, fechou os olhos e se entregou para o transcendental.

Célio Freire! Hoje, de mansinho, após abraçar a tantos e falar sobre voos, de braços dados com sua sabedoria, sensibilidade, gentileza, ética, determinação, solidariedade, humanismo, seu sorriso, seus pensamentos e seu amor pela vida, levantou um voo gigantesco!

Suas energias seguem alto pelo universo! Suas pegadas firmes, sua voz eloquente, em passos largos caminham, trafegam muito além dos corações e mentes dos que tiveram o privilégio de com ele compartilhar a vida, momentos, histórias.

Célio Freire, meu amor, companheiro de tantas lutas sindicais e libertárias, avô do coração dos meu neto e netinhas, amigo solidário da minha filhota e filhote, da nossa família, e dos (as) andarilhos (as) da liberdade.

Muitas histórias vividas, muitas histórias para registrar.

Gratidão à vida por ter tido a oportunidade de compartilhar contigo muitos passos de nossa caminhada.

Gratidão por tudo o que vivemos.

Te amo, meu amor! Presente estiveste e continuarás em nossas vidas ontem, hoje e sempre!

Tua companheira, parceira de sempre,
Cristina Fonsêca
e sua turminha

Fortaleza, 02 de maio de 2020.

2 COMENTÁRIOS

  1. Grande liderança sindical, técnico exemplar, amigo de todos a categoria fazendária perdeu uma referência de pessoa humanizada . Descanso eterno ao valoroso companheiro.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here