Carlos Eduardo Marino é homenageado em sessão solene alusiva ao Dia do Economista

623


 




A Assembleia Legislativa celebrou, na noite do último dia 20, o Dia do Economista, comemorado anualmente no dia 13 de agosto. Durante a cerimônia, solicitada pelo deputado Sérgio Aguiar (PDT), os economistas foram homenageados pelos notórios serviços prestados à sociedade e ao meio em que atuam. Dentre os agraciados, esteve o fazendário e economista Carlos Eduardo Marino, ex-presidente do Sintaf e atual secretário de Finanças do Crato.


 


Na solenidade, o deputado Sérgio Aguiar destacou a importância do profissional economista e ressaltou o alcance que esse conhecimento tem ao tocar diversos setores da sociedade. “É importante termos em mente que são cada vez mais amplos os horizontes do economista, cuja atuação hoje passa pelo comércio internacional, finanças públicas, economia agrícola e urbana, ciência e tecnologia ciências humanas, recursos humanos e do trabalho, entre outras”, pontuou.


 


O parlamentar destacou ainda que o economista é um profissional comprometido com o desenvolvimento brasileiro e com os anseios maiores do povo. 


 


Os homenageados


 


Durante a solenidade, foram homenageados com placas comemorativas os economistas Carlos Eduardo dos Santos Marino, Mirian Pinheiro Pessoa de Andrade, Elise Maria Gradvohl Bezerra Magalhães, Antonio Rocha Magalhães, Alisson David de Oliveira Martins, Suely Salgueiro Chacon, Luiz de Gonzaga Fonseca Mota, e o jornalista do grupo de comunicação O Povo, Nazareno Albuquerque Souza.


 


Também participaram da solenidade o prefeito do Crato, Zé Ailton Brasil; a Secretaria da Fazenda do Estado, Fernanda Pacobahyba; o coordenador do curso de Economia da Universidade de Fortaleza (Unifor), Francisco Alberto Lima de Oliveira; o conselheiro do Conselho Federal de Economia (Cofecon), Lauro Chaves Neto; e o diretor técnico do Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae), Alcir Porto Gurgel, dentre outros.


 


O diretor de Assuntos Administrativos e Financeiros do Sintaf, Carlos Brasil, e a diretora financeira da AAFEC, Elenida dos Santos, também estiveram presentes, prestigiando o colega homenageado.


 


Trajetória de desafios


 


A trajetória do fazendário Carlos Eduardo Marino se destaca pela múltipla atuação na área das finanças públicas, na superação da pobreza e na defesa da categoria. Na Secretaria da Fazenda, abraçou a atividade fazendária ao mesmo tempo em que encampou grandes lutas no Sintaf. Na Academia, defendeu modelos de superação da miséria no Laboratório de Estudos da Pobreza (LEP/Caen/UFC). Na Fundação Sintaf, atuou como pesquisador no Observatório de Finanças Públicas do Ceará (Ofice). O mais recente desafio o levou a ocupar o atual cargo de secretário de Finanças do Crato, no Ceará, com a eleição do fazendário e ex-deputado Zé Ailton Brasil (PP) para prefeito. :: Saiba mais