Camilo Santana prorroga isolamento social no Ceará até 5 de maio

102

Um mês após o primeiro decreto de suspensão de atividades não essenciais, governador anunciou a terceira extensão do decreto

O governador do Ceará, Camilo Santana (PT), anunciou na noite deste domingo, 19, nova prorrogação do decreto de suspensão de atividades não essenciais e isolamento social no Ceará em decorrência do avanço da pandemia do novo coronavírus. Desta vez, o distanciamento social segue por mais 15 dias, até 5 de maio. O atual decreto, que expira no fim da próxima segunda-feira, 20, será renovado automaticamente.

“Informo aos cearenses que estou prorrogando por mais 15 dias mantendo as restrições dos decretos anteriores, e reforçando medidas de proteção nos serviços essenciais que já funcionam, como bancos, lotéricas, supermercados e farmácias. O uso de máscara será obrigatório a todos os funcionários desses estabelecimentos, além de mais rigor nas regras para evitar aglomerações”, escreveu Camilo.

O chefe do Executivo havia antecipado no último sábado, em transmissão nas redes sociais, a continuidade do decreto baseado em conversas com equipe de especialistas que o orienta sobre prolongamento da ação. Há um mês, Camilo decretou distanciamento pela primeira vez no Estado e seguiu com uma série de medidas para amenizar efeitos da crise socioeconômica. Segundo Camilo, o Ceará está realizando 700 testes de coronavírus por dia e que trabalha pela ampliação do número.

Camilo tem realizado reuniões com o setor produtivo para buscar soluções que amenizem o efeito da pandemia e garantam a manutenção dos empregos. Mas adiantou que não tomará decisões sem orientação de especialistas e destacou a importância da Ciência.

Dados da Secretaria da Saúde do Ceará (Sesa), divulgados às 15h30 deste domingo, apontam a doença já infectou ao menos 3.252 pessoas e causou 186 mortes. Deste total, 2.658 casos estão em Fortaleza, seguida de longe por municípios da Região Metropolitana como Caucaia (79), Maracanaú (70) Aquiraz (38) e Eusébio (29) casos confirmados.

Acesse a cobertura completa do Coronavírus 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here