Bolsonaro e Flávio se reúnem com corregedor do CNJ no Planalto

91


Compromisso foi informado na agenda oficial do presidente, mas a assessoria do senador não explicou motivo para a sua participação no encontro


 


Rafael Moraes Moura, O Estado de S.Paulo


BRASÍLIA  – O presidente Jair Bolsonaro e o senador Flávio Bolsonaro (PSL-RJ) se reuniram na tarde desta quinta-feira, 30, com o corregedor nacional de Justiça, ministro Humberto Martins. O encontro no Palácio do Planalto foi informado na agenda oficial do presidente.


Segundo a assessoria do corregedor, a audiência serviu para a entrega de convite para o Fórum Nacional das Corregedorias (Fonacor), que ocorre nos dias 26 e 27 de junho, em Brasília. Martins integra o Conselho Nacional de Justiça (CNJ), órgão encarregado de investigar juízes e aplicar sanções contra magistrados.


Procurado na noite desta quinta, o Planalto não respondeu o motivo de Flávio ter acompanhado a agenda do presidente com o corregedor. A assessoria de Flávio também não retornou aos contatos.


A defesa do senador Flávio Bolsonaro tenta suspender na Justiça as quebras de sigilos bancário e fiscal de 86 pessoas e nove empresas investigadas no inquérito que apura supostas irregularidades cometidas no seu gabinete quando ele era deputado na Assembleia Legislativa do Rio, entre 2007 e 2018.


Na semana passada, os advogados do senador protocolaram um habeas corpus no Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro pedindo a suspensão da quebra de sigilos determinada pelo juiz de primeira instância Flávio Itabaiana, da 26.ª Vara Criminal. O pedido foi negado pela Justiça do Rio.