Assembleia aprova projeto que pune servidor que se recusar a receber vacina

19

O texto prevê sanções administrativas, incluindo demissão, para o servidor que optar por não tomar as doses sem “justo motivo”

Por 25 votos contra cinco, a Assembleia Legislativa do Ceará (AL-CE) aprovou, nesta quinta-feira, 19, o projeto de lei que obriga servidores públicos estaduais a se vacinarem contra a Covid-19. O texto prevê sanções administrativas, incluindo demissão, para o servidor que optar por não tomar as doses “sem justo motivo”. O projeto segue para sanção do governador Camilo Santana (PT). A decisão foi adiantada pelo petista na última segunda-feira, 16. 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here