Arrecadação no Dia dos Pais deve crescer 13,9%

44

Uma das datas mais esperadas pelo comércio está chegando: o Dia dos Pais. Celebrada no segundo domingo de agosto (8), a expectativa é que as vendas cresçam 13,9% no país. Em razão do avanço da vacinação contra o novo coronavírus, o mercado espera continuar aquecido também no Ceará. Como maneira de se preparar para uma das datas mais importantes para o varejo, vários estabelecimentos estão se adaptando ao momento atual para não perder vendas. O espaço físico e o virtual estarão unidos para alavancar as vendas.

FOTO FOLHA PRESS

 

De acordo com pesquisa da Confederação Nacional do Comércio, de Bens, Serviços e Turismo (CNC), divulgada no último dia 29, as vendas do varejo para o Dia dos Pais devem injetar R$ 6,03 bilhões na economia do país. O economista Fábio Castelo reitera o levantamento e diz que o montante acumulado será maior que o do ano passado, quando foi registrado a quantia de aproximadamente R$ 5 bilhões. Segundo ele, a arrecadação de 2020 foi impactada negativamente pela pandemia e restrições de consumo.

Sobre a arrecadação local, o economista esclarece que o volume de compras vai atingir positivamente a economia, pois a vacinação em massa aumenta a confiança dos empreendedores e dos clientes. “Na medida em que os cearenses estão sendo imunizados, os empresários sentem maior confiança. O consumidor, por sua vez, também se sente mais confiante em gastar”, afirma. Castelo completa dizendo que, com as medidas, as empresas tendem a investir mais, gerando empregos para a população e aumentando o consumo das famílias.

O comércio digital se destaca na procura por itens para presentear os pais. De acordo com o economista, as vendas online devem ter grande força na reestruturação das compras no país, já que as transações virtuais tiveram avanço de 47% no primeiro semestre deste ano, em comparação com o mesmo período do ano passado. Segundo a Receita Federal, a venda no comércio eletrônico chegou a quase R$ 115 bilhões entre janeiro e maio deste ano. Fábio Castelo analisa que os produtos mais procurados serão os de roupas, acessórios e eletrônicos. Em sua fala, ele finaliza afirmando que “o setor de vestuário deve arrecadar cerca de R$2,5 bilhões nesta data comemorativa”.

Consumidor
Com a data se aproximando, o consumidor deve apostar em pesquisa para pechinchar e conseguir o melhor preço. É o que pretende fazer a estudante universitária Mariana Freitas. Com dinheiro reduzido, vai pesquisar um pouco mais: “O momento está difícil para a maioria das pessoas, então eu pensei em comprar alguma coisa mais barata para o meu pai. Vou procurar com calma, mas sem presente ele não vai ficar”, disse ela que pretende apostar em itens de vestuário.

Promoção
A expectativa de aumento e mercado aquecido também são apostas do shopping Riomar Kennedy que vem se preparando para a data e até organizou a promoção “Pais no Controle” para chamar atenção dos clientes. Alinhada ao perfil dos pais conectados em tecnologias e games e também na interação entre pais e filhos, a campanha sorteará três ganhadores que levarão, cada, um PlayStation 5 acompanhado de um controle extra.

O estabelecimento também se adequou ao modelo virtual, oferecendo aos consumidores a possibilidade de comprar o presente pelo site e enviar presentes diretamente para a casa do pai.

Fonte: O Estado CE

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here