Aeroporto de Fortaleza fica entre os três piores do País na avaliação dos passageiros

353


A nota do terminal foi de 4,21, na frente apenas dos aeroportos de Florianópolis (3,83) e Belém (4,00)


 


O Aeroporto Internacional Pinto Martins, em Fortaleza, ficou entre os três piores do País em avaliação de satisfação do passageiro no terceiro trimestre. O levantamento foi divulgado pelo Ministério dos Transportes, Portos e Aviação. A nota do terminal foi de 4,21, na frente apenas dos aeroportos de Florianópolis (3,83) e Belém (4,00). Viracopos, em Campinas (4,74), Curitiba (4,72) e Confins, em Belo Horizonte (4,61) foram os mais bem avaliados na pesquisa.


 


Na categoria entre os aeroportos com movimentação de 5 a 15 milhões de passageiros por ano, o Fortaleza Airport ficou na última colocação.


 


De acordo com o documento, o Aeroporto de Fortaleza recebeu as piores avaliações em: facilidade de desembarque no meio-fio (3,39) e qualidade de sinalização do aeroporto (3,95).


 


Outros indicadores também apontaram que os passageiros estão insatisfeitos com o tempo de fila na inspeção de segurança (4,28), a disponibilidade e qualidade das informações nos painés de voo (3,90), a disponibilidade de sanitários (3,81), a limpeza dos sanitários (3,72), a qualidade das instalações de estacionamento de veículos (3,75), custo-benefício do estacionamento (2,82) e quantidade e qualidade de lanchonetes e restaurantes (3,48).


 


Fortaleza obteve notas razoáveis em cordialidade e prestatividade dos funcionários do check-in (4,71), qualidade da informação prestada pela companhia aérea (4,59), velocidade de restituição de bagagem (4,53), integridade da bagagem (4,61).


 


Satisfação geral


Os passageiros brasileiros e estrangeiros entrevistados pela pesquisa estão satisfeitos com os serviços oferecidos em 19 dos 20 principais aeroportos brasileiros. A proporção de aprovação chega a 89% dos entrevistados, que avaliaram os terminais como “bons” ou “muito bons”. A média de Satisfação Geral chegou a 4,36.


 


O levantamento revela também que 79% dos 38 indicadores de percepção avaliados pelos passageiros nos 20 aeroportos registraram notas médias acima de 4, cumprindo a meta estabelecida pela Conaero.


Fraport


Em nota a Fraport, reforçou o compromisso de modernizar o terminal e torná-lo um dos mais eficientes do País:


“A Fraport esclarece que a qualidade dos serviços prestados aos seus passageiros e usuários é prioridade e um dos pilares de sua atuação. Após ter assumido as operações do Fortaleza Airport, em 2 de janeiro deste ano, a Fraport tem realizado ações de melhoria contínua, em paralelo às obras de infraestrutura e demais compromissos assumidos no contrato de concessão com o poder concedente. Novas opções para consumo estão sendo estruturadas, rotinas de limpeza e manutenção de equipamentos estão sendo intensificadas; o oferecimento de wi-fi gratuito, sinalização clara e melhor climatização dos ambientes já são realidade. Sabemos que em meio a grandes obras e mudanças, como as que estamos conduzindo, é esperado que nem todas as pessoas se sintam confortáveis, afinal, é necessário alterar fluxos, utilizar instalações provisórias, enfim, mexer com o ambiente de forma estrutural. Reconhecemos que é um grande desafio viabilizar toda a estrutura que nossos passageiros merecem, mas estamos caminhando a largos passos em direção a entregas e conquistas que, muito em breve, poderão ser facilmente percebidas. Estamos trabalhando todos os dias para minimizar os impactos e entregar um aeroporto moderno, eficiente, com padrões internacionais de operações e segurança e alta qualidade de serviços a todos”.