13º deve injetar R$ 5,3 bilhões na economia cearense

234


 


O número de pessoas no estado que receberá o 13º foi estimado em 3 milhões, equivalente a 3,6 % do total que terá acesso ao benefício no Brasil


Segundo estimativas do Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos (Dieese),a economia cearense deverá receber, até dezembro, cerca de R$ 5,3 bilhões referentes ao pagamento do 13º salário. O volume, equivalente a 2,1% do PIB estadual, representa 3,4% do total de 13º pago no Brasil e 15,62% do total da região Nordeste.


 


Link http://www.diariodonordeste.verdesmares.com.br/editorias/negocios/online/13-deve-injetar-r-5-3-bilhoes-na-economia-cearense-1.2014695


 


O Dieese estima que 3 milhões de cearenses recebam o benefício. No Estado, os empregados do mercado formal, celetistas ou estatutários representam 48% dos beneficiários, enquanto pensionistas, aposentados do INSS e demais trabalhadores representam 52%.


 


O valor médio do 13º salário para trabalhadores do mercado formal foi de R$ 2.170,28, enquanto para aposentados e pensionistas, o valor médio ficou em R$ 1.299,47.


 


Segundo Reginaldo Aguiar, supervisor regional do Dieese, embora uma parte do valor referente ao 13º já tenha sido pago, no decorrer do ano, como para os servidores do Estado e do Município, a maior parcela entra na economia em dezembro. “O comércio espera esse recurso com muita ansiedade. Além de incrementar as compras de final de ano, esse valor tem o poder de prevenir os gastos do início do ano e de quitar algumas dívidas”, ele diz. “E em uma região com uma dinâmica econômica relativamente baixa, como no Nordeste e no Ceará, essa remuneração é muito importante para a economia”.


 


Nacional


 


Em todo do Brasil, o pagamento do 13º salário vai injetar R$ 211,2 bilhões na economia. O valor representa cerca de 3% do Produto Interno Bruto (PIB) do país, beneficiando cerca de 84,5 milhões de trabalhadores do mercado formal, inclusive aposentados, pensionistas e empregados domésticos.


 


Segundo o Dieese, o 13º representa um rendimento adicional de R$ 2.320,00, com fonte na relação anual de Informações Sociais (Rais) e do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), do Ministério do Trabalho.


 


Os trabalhadores do mercado formal representam 48,7 milhões, ou 57,6% do total beneficiados pelo pagamento do 13º salário. Os empregados domésticos são 1,8 milhão, ou 2,2% do total. Os aposentados e pensionistas representam 34,8 milhões, ou 41,2% do total. Dos R$ 211,2 bilhões pagos, os empregados do mercado formal ficarão com 66%, ou R$ 139,4 bilhões. Os aposentados e pensionistas receberão R$ 71,8 bilhões, ou 34%.