Sintaf refuta argumentos que dividem e desinformam a categoria fazendária

148

O Sindicato dos Fazendários do Ceará (Sintaf) deve sua credibilidade a três décadas de luta em defesa dos direitos e ampliação das conquistas de toda a categoria fazendária, sem distinção de cargos. Todos são representados pelo Sintaf, sem qualquer tipo de discriminação, e não poderia ser diferente, pois as atividades fins da Secretaria da Fazenda são tributação, arrecadação, fiscalização e finanças. Portanto, todos os cargos estão inseridos nessas atividades do Grupo TAF que representam a Sefaz. Assim, a Diretoria Colegiada do Sintaf vem a público manifestar sua indignação com a atitude da Associação dos Auditores Fiscais da Receita Estadual e dos Fiscais do Tesouro Estadual do Estado do Ceará (Auditece), que peticionou na ADI 5.299, que tramita no Supremo Tribunal Federal, alegando fato novo de inconstitucionalidade ao processo, qual seja “PUBLICAÇÃO DE EDITAL DE CONCURSO PARA PROVIMENTO DE CARGOS EIVADOS DE INCONSTITUCIONALIDADE”.

Trata-se de uma alegação que desinforma, com o intuito de induzir a Corte de Justiça ao erro e, ainda, desmotiva os candidatos ao referido concurso. Deveria propor, como tem feito o Sintaf, a inclusão do cargo de Auditor Fiscal Adjunto no certame. Ou seja, o lançamento do edital do concurso público para quatro cargos da carreira fazendária está sendo contestado pela citada associação, quando, na verdade, deveria se render ao fato de que falta ao edital 001/2021 a inclusão do cargo de Auditor Fiscal Adjunto da Receita Estadual, pelos motivos amplamente propagados pelo Sintaf, inclusive com abaixo-assinado entregue à Administração Fazendária, solicitando a inclusão do referido cargo no certame em alusão, ante o grave prejuízo ao serviço público.

Dessa forma, a Auditece está tentando, mais uma vez, dividir a categoria fazendária com desinformação e ações que visam desacreditar e macular a reputação do conjunto de servidores fazendários que se esforçam, diuturnamente, para cumprir suas responsabilidades, objetivando arrecadar e gerir a receita tributária estadual a ser aplicada em educação, saúde, assistência, previdência e investimentos para a sociedade cearense.

À categoria fazendária, o Sintaf reafirma o compromisso de continuar lutando pelos seus interesses, de forma digna, com integridade e retidão, a fim de que a Justiça prevaleça e os diretos de todos os servidores fazendários sejam preservados, para que possamos continuar trabalhando pelo bem-estar de todos os cearenses!

SINTAF O LEGÍTIMO REPRESENTANTE DA
CATEGORIA FAZENDÁRIA!

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here