Sintaf apoia concurso regional de redação com o tema Educação Fiscal

366

Nesta segunda-feira (07), a Coordenadoria Regional de Desenvolvimento da Educação (CREDE 3), localizada em Acaraú, realizou a cerimônia de premiação do VII Concurso Regional de Redação do Programa de Educação Fiscal, no auditório da instituição. O concurso, que teve o apoio do Sindicato dos Fazendários do Ceará (Sintaf), da Fundação Sintaf e da Secretaria da Fazenda (Sefaz), foi realizado entre os meses de agosto a outubro deste ano, visando estimular nas escolas estaduais a implementação das ações do Programa Nacional de Educação Fiscal (PNEF), bem como a prática da escrita e a preparação para o Enem 2020.

Na edição deste ano foram produzidas 546 redações e realizadas 71 oficinas de estudo da temática nas escolas, contemplando 789 alunos das 3ª séries da CREDE 3, que abrange os municípios de Acaraú, Bela Cruz, Cruz, Jijoca de Jericoacoara, Itarema, Marco e Morrinhos.

Convidado a participar da solenidade, o Sintaf não se fez presente em virtude da pandemia, mas enviou uma mensagem parabenizando as alunas vencedoras.

Premiação merecida

É a quarta vez que o Sintaf apoia o evento, sendo responsável pela doação dos prêmios. Os alunos que conquistaram os primeiros lugares em cada modalidade foram premiados com um smartphone e seus professores orientadores, com um tablet.

Margarida Holanda, da EIT José Cabral de Sousa, venceu na modalidade Escolas Indígenas, juntamente com seu professor orientador, Francisco Elisnaldo de Sousa. Maria Leirivane R. Viana, da EEMTI Valdo de Vasconcelos Rios, venceu na modalidade EEEPs e EEMTIs, em conjunto com o professor orientador Robson Oliveira da Silva. Por fim, Nifaeli Milane de Andrade, da EEM Profª Marieta Santos, venceu na modalidade Escolas Regulares, sendo premiada junto com sua professora orientadora, Ana Lúcia Araújo Santo.

De acordo com Erlane Muniz, articuladora de gestão da CREDE 3, os professores trabalham o tema de forma interdisciplinar, com oficinas, repertório e produção da redações em si. “É o trabalho mais sólido em educação fiscal que nós temos no Estado e seu resultado é muito positivo”, aponta Erlane. “Quando o Sintaf apoia essa iniciativa, contribui para o fortalecimento da educação fiscal no Estado e para o desenvolvimento das competências dos alunos para o Enem”, completa.

Conversas interdisciplinares

Professor orientador de uma das alunas vencedoras, Robson Oliveira da Silva leciona na EEMTI Valdo de Vasconcelos Rios, que fica localizada na cidade de Itarema. Neste ano, conforme o professor destacou, as etapas do concurso foram realizadas de forma diferente, pois todos tiveram que se adaptar ao estudo remoto, modelo imposto pela pandemia do coronavírus.

“Por meio de oficinas, via videoconferência, além de conversas interdisciplinares e o material digital disponibilizado no site, que criei para compartilhamento de materiais sobre o tema, as turmas demonstraram interesse no assunto, principalmente quando perceberam que o tema está intrinsicamente ligado à sua realidade e o quanto impacta em suas vidas”, salientou

Aprendizagem e consciência

Vencedora do concurso na modalidade EEMTI e EEEP, Maria Leirivane Roque Viana cursa o terceiro ano na instituição de ensino médio EEMTI Valdo de Vasconcelos Rios. Ela ficou em primeiro lugar abordando o tema “Educação Fiscal – um caminho para o exercício da cidadania”. “Falando da vivência durante todo o processo, posso dizer que, além de ter sido premiada, também fui privilegiada com o ganho de aprendizagem e consciência sobre cidadania”, afirma.

Na opinião da aluna, todas as etapas do concurso foram educativas e acrescentaram bagagem nas esferas estudantil e pessoal. “Na primeira, em relação à escrita, aprendi a fazer uma boa redação, aprofundando o tão temido texto que é típico do Enem. Em relação ao segundo, fui capaz de desenvolver o conhecimento sobre meus direitos e deveres dentro da sociedade, com uma maior nitidez enquanto cidadã”, conclui.

Parceria importante

A gestora do Programa de Educação Fiscal da Sefaz, Imaculada Vidal, realça que o Concurso Regional de Redação em educação fiscal é uma experiência muito exitosa. “Há mais de uma década a CREDE Acaraú desenvolve um trabalho em educação fiscal que é muito consistente, sistemático e organizado. É uma experiência que nós reputamos como uma das mais importantes no estado do Ceará em educação fiscal”, aponta a gestora.

Imaculada agradece, ainda, o apoio do Sintaf, por ter oportunizado a premiação dos alunos. “Essa parceria é muito importante para nós do Programa de Educação Fiscal. Esperamos continuar contando com o apoio do nosso Sintaf e da Fundação Sintaf em futuras iniciativas, sempre no intuito de destacar a importância do tributo para a sociedade e do servidor fazendário na execução do seu trabalho, visando garantir uma sociedade mais justa e menos desigual, que oportunize mais condições de vida a todos os seus cidadãos. Esse é o nosso desafio e ficamos felizes de estar junto com nossas entidades nessa empreitada”, reforça.

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here