Setor público tem maior superavit para fevereiro em 10 anos

60

União, Estados, municípios e estatais tiveram saldo de R$ 3,5 bilhões nas contas de fevereiro, informou o BC © 2022 Todos os direitos são reservados ao Poder360, conforme a Lei nº 9.610/98. A publicação, redistribuição, transmissão e reescrita sem autorização prévia são proibidas.

O setor público consolidado –formado por União, Estados, municípios e estatais– registrou superavit primário de R$ 3,5 bilhões em fevereiro, o melhor resultado para o mês desde 2012. O BC (Banco Central) divulgou os dados nesta 2ª feira (2.mai.2022). Eis a íntegra do comunicado (308 KB).

O resultado era para ter sido divulgado em 31 de março de 2022. A greve dos funcionários públicos do Banco Central atrasou a publicação do indicador em 1 mês. A paralisação tem postergado o resultado de outros índices financeiros e econômicos da autoridade monetária. Os atos devem ser retomados a partir de 3ª feira (3.mai.2022).

A última vez que o setor público consolidado registrou superavit em fevereiro foi em 2014, quando as contas ficaram no azul em R$ 2,1 bilhões. O resultado primário é composto pela receita menos a despesa, excluindo o pagamento dos juros da dívida pública. Eis o resumo do resultado de fevereiro: governo central – deficit de R$ 19,2 bilhões; Estados e municípios – superavit de R$ 20,2 bilhões; estatais – superavit de R$ 2,5 bilhões.

Em janeiro, o Banco Central já tinha contabilizado superavit de R$ 101,8 bilhões nas contas. No 1º bimestre, o resultado primário foi de R$ 105,3 bilhões. Em 12 meses encerrados em fevereiro, o superavit primário do setor público consolidado atingiu R$ 123,4 bilhões, o que equivale a 1,4% do PIB (Produto Interno Bruto). O valor é superior ao saldo de R$ 108,2 bilhões no mesmo período até janeiro.

PAGAMENTO DE JUROS DA DÍVIDA O pagamento de juros nominais do setor público consolidado somou R$ 26 bilhões em fevereiro de 2022. Caiu em relação ao mesmo mês de 2021 (R$ 29,2 bilhões). No acumulado de 12 meses, atingiu R$ 422,5 bilhões, ou 4,78% do PIB. Era 4,18% do PIB no mesmo período até fevereiro do ano passado. O resultado nominal do setor público consolidado –que inclui os gastos com juros da dívida– foi de um deficit de R$ 22,5 bilhões em fevereiro. No acumulado de 12 meses, chegou a R$ 299,1 bilhões, ou 3,38% do PIB.

 

Fonte: Poder 360

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here