Servidores se reúnem com Sarto e pedem reajuste salarial de 15,12%

77

Prefeitura ainda não deu contraproposta, mas disse estudar condição até a próximo encontro das partes

Servidores municipais protestaram nesta quinta-feira, 19, em frente ao Paço Municipal. Na pauta, o pedido de um reajuste de 15,34% a partir de janeiro de 2022 . Uma comitiva foi recebida pelo prefeito José Sarto (PDT) que se comprometeu em estudar condições até o próximo encontro entre as partes.

Do lado de fora da sede da Prefeitura, servidores estiveram em protesto com faixas, carros de som e bonecos infláveis com a caricatura do prefeito. Ao longo da manhã, proferiram palavras de ordem na defesa do reajuste e de mais concursos para o próximo ano.

Um estudo feito em parceria com o economista e professor da Universidade Federal do Ceará, Aécio Oliveira, é citado pelo Sindicato dos Servidores Municipais de Fortaleza (Sindifort) em nota justificando o percentual pedido. O texto diz que “o acumulado da inflação estimada para 2021 com a inflação oficial de 2020 (4,52%), resulta em 15,34% nestes dois anos.”

“É inadmissível que os servidores municipais de Fortaleza fiquem por três anos seguidos sem reajuste salarial. Ainda mais porque devido a reforma da Previdência aprovada este ano, os servidores tiveram aumento de descontos para o IPM Previfor, que passou de 11% para 14%, sendo esta cobrança extensiva aos aposentados. Nossa data base é em 1º de janeiro e se for preciso iremos à greve”, diz, em nota, Nascelia Silva, presidenta do Sindifort.

Reajuste em estudo

Procurada, a Prefeitura de Fortaleza informou que o reajuste salarial dos servidores ainda está em estudo, o que deve avançar na próxima reunião, marcada para 7 de dezembro.

O governo municipal informou, por nota, que um outro encontro – anterior ao com o prefeito – já aconteceu com o secretário Marcelo Pinheiro (Planejamento, Orçamento e Gestão) na semana passada. Mas detalhes não foram expostos.

Na reunião da manhã desta quinta-feira, estiveram os secretários de Governo, Renato Lima, das Finanças, Flávia Teixeira, da Saúde, Ana Estela Leite, da Educação, Dalila Saldanha, e o procurador-geral do Município, Fernando Oliveira. Também estiveram presentes os vereadores Gardel Rolim, líder do Governo na Câmara Municipal de Fortaleza, e Didi Mangueira.

Já da parte dos servidores, foram Ana Cristina Guilherme, presidente do Sindicato dos Trabalhadores em Educação do Ceará (Sindiute); Nascélia Silva, do Sindicato dos Servidores e Empregados Públicos do Município de Fortaleza (Sindfort); Marta Brandão, presidente do Sindicato dos Empregados em Estabelecimentos de Serviços de Saúde no Estado do Ceará (Sindisaúde); e Mário Nunes, da União Sindical.

Fonte: O POVO

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here