Servidores do Estado e da Prefeitura de Fortaleza devem ter reajustes em 2022

52

| Servidores | Camilo Santana e José Sarto prometeram, ontem, aumento aos funcionários públicos

Os servidores públicos do Governo do Ceará e da Prefeitura de Fortaleza devem ter aumento no salário no próximo ano, segundo prometeram o governador Camilo Santana (PT) e o prefeito José Sarto (PDT) ontem, 14. As condições e percentuais do Estado, no entanto, não foram informadas. Mas o Município já revelou o cronograma de reajustes que deverá chegar a 11%, conforme antecipou com exclusividade o colunista do O POVO, Carlos Mazza.

A medida inclui aposentados e pensionistas. O percentual não virá todo de uma vez no início de 2022. O salário será ajustado três vezes ao longo do próximo ano. O primeiro será em fevereiro, quando o percentual de ajuste será de 4%. Seis meses depois, em agosto, uma nova alteração: para 4%. E, por fim, em dezembro, um reajuste de 3%.

Todos, no entanto, devem ser retroativos. Ou seja, quando alterado, o servidor receberá a quantia referente aos meses em que não houve a alta do salário.

“É um reconhecimento ao servidor de Fortaleza. Certamente, se pudéssemos fazer mais, faríamos. Mas dentro do cenário de incertezas macroeconômicas, recessão e volta da inflação, atraso de pagamentos em várias capitais, Fortaleza tem a responsabilidade de dar um aumento acima da inflação e que certamente vai botar a roda da economia para girar”, declarou o prefeito.

No total, o aumento no salário dos servidores deve representar um aumento de R$ 500 milhões na folha anual de pagamento do Município.

O Sindicato dos Servidores e Empregados Públicos do Município de Fortaleza (Sindifort), no entanto, criticou o percentual e o modelo de reajuste dado pelo prefeito. O Sindifort pede o aumento em 15,34%, correspondente à inflação de 2020 e 2021, afirmando que não houve reajuste no ano anterior.

“O reajuste deveria repor ao menos a inflação acumulada e o Sindifort entende que esse percentual deveria ser concedido a partir de primeiro de janeiro de 2022, que é data-base dos servidores, e não de forma parcelada, como propôs o prefeito”, destaca Nascélia Santos, presidente do Sindifort, em nota publicada no portal do sindicato.

Com o encaminhamento do reajuste para a Câmara Municipal, Nascélia afirma que pressionar os vereadores para converter a proposta no percentual desejado pelos servidores.

Reestruturação de carreiras no Estado

Mesmo sem revelar o tamanho do aumento dos servidores estaduais, Camilo Santana afirmou ontem, durante live nas redes sociais, que o reajuste virá. E se comprometeu em tornar público o percentual do aumento “até o fim do mês”.

“Tenho dialogado com vários setores, vários segmentos e tenho buscado reestruturar carreiras, projetos que sofreram e foram penalizados ao longo do ano”, destacou o governador.

Ele pontuou ainda que, além do aumento, a partir de janeiro de 2022, a gestão estadual dará início a “uma série de melhorias das condições de trabalho e de valorização profissional”.

(Colaborou Carlos Mazza)

Fonte: O POVO

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here