Semana do Meio Ambiente apresentou o Seminário “Cidadania Ecológica: Vida Sustentável em Harmonia com a Natureza”

34

Em comemoração à Semana do Meio Ambiente, iniciada no domingo (5/6), a Fundação Sintaf reuniu entidades referenciadas (Sintaf, Secretaria de Meio Ambiente, Sefaz, Cafaz e Associação Velaumar) para a realização um encontro em defesa do verde-vida.

Momento de refletir sobre a “era ecológica”, que se apresenta para o ser humano com um ultimato de mudança radical na forma de conceber e perceber a rede ecossistêmica de vida planetária. A comunidade do Poço das Draga e alunos do Colégio Estadual Adauto Bezerra foram convidados a participar do evento; ao final foi sorteada uma bicicleta entre os participantes destes dois grupos. Auditório lotado para uma tarde de muito aprendizado.

Palestras

As exposições principais estiveram a cargo do fazendário e escritor Luiz Carlos Diógenes de Oliveira, autor do livro “Água, sustentabilidade e direitos ambientais”, e da professora e advogada Ivanna Pequeno dos Santos, autora do livro “Direito à Água: bem comum e governança participativa”.

Para a professora, carece de entender o direito à água como bem comum e aponta para a importância da participação da comunidade nas deliberações sobre o seu uso e acesso; a falta de abastecimento, a poluição, os conflitos e a mercantilização deste recurso afetam grande parte da população mundial. Luiz Carlos avalia que movimentos em defesa da água foram erguidos nas últimas décadas em virtude de sua essencialidade a tudo, e que a sociedade ocidental conseguiu solapar. Explicou que a água pretende irrigar o campo aberto e interdisciplinar do socioambientalismo, que se apresenta em situação crítica, acentuado pela química da sociedade industrial.

O secretário Artur Bruno do Meio Ambiente do Ceará (Sema) fez uma análise conjuntural sobre sustentabilidade e ações promovidas no estado. Elogiou a postura do Sindicato, da Fundação e da Secretaria da Fazenda, deixando claro que iniciativas como essa do Seminário valorizam e reforçam o processo de conscientização acerca dos cuidados com a natureza. “Nada melhor que termos aqui as presenças da comunidade do Poço da Draga e da Escola Adauto Bezerra. Importante que o processo iniciado tenha continuidade”, avaliou.

A diretora do Sintaf e também da Fundação Liliane Sales, ressalta que é um momento de inclusão dos fazendários em temas de grande interesse social. “É o fazendário no exercício e incentivo da cidadania”

Sementes de esperança

A iniciativa da Fundação e parceiros teve também a distribuição de mudas. A ideia é que as pessoas adotem árvores, e que esse aparente “pequeno gesto” possa de fato trazer benefícios práticos no dia a dia de todos. A rica tarde de aprendizados e alerta por uma natureza bem cuidada teve ainda o debate sobre coleta seletiva, problema dos lixões, importância do ICMS Verde, da política tributária que garante desconto para empresas que utilizam os reciclados.

Palestrantes

Luiz Carlos Diógenes, graduado em Letras pela UFC, ingressou na Secretaria da Fazenda do Estado em 1992. Graduado em Direito, seguiu a linha de Pós-graduação quase ininterrupta entre especialização na área tributária, Mestrado com foco na Cidadania do Estado Social e Doutorado com eixo na Cidadania Ecológica do Estado Socioambiental.

Ivanna Pequeno dos Santos é advogada e professora da Universidade Regional do Cariri (URCA), Doutora e Mestre em Direito Constitucional pela Universidade de Fortaleza (UNIFOR). É também Especialista em Direitos Humanos Fundamentais e Professora Assistente do Curso de Direito da URCA.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here