Reforma tributária e desastre de Petrópolis entram na pauta do Senado esta semana

91

Além da discussão da reforma tributária pela CCJ, será instalada uma comissão sobre o desastre em Petrópolis

Entre as pautas que serão discutidas no Senado Federal nesta semana ganham destaque a votação na quarta-feira (16) da PEC (proposta de emenda à Constituição) da reforma tributária e a instalação, nesta segunda-feira (14), da comissão para acompanhar a situação de Petrópolis (RJ). A cidade fluminense sofreu com inundações e deslizamentos que mataram pelo menos 233 pessoas em fevereiro deste ano.

Também nesta segunda, outra comissão da Casa, a CDR (Comissão de Desenvolvimento Regional e Turismo), se reúne para discutir medidas de prevenção a enchentes, deslizamentos de terras e outras intempéries. Saiba mais a seguir:

Mudanças no sistema tributário

CCJ (Comissão de Constituição e Justiça) deve votar na quarta-feira (16) a PEC da reforma tributária (110/2019), que cria um modelo dual de tributação, ou seja, com dois tipos de impostos de valor agregado.

Um deles é a CBS (Contribuição sobre Bens e Serviços) que unifica tributos federais como IPI (imposto sobre produtos industrializados), Cofins (Contribuição para o Financiamento da Seguridade Social), PIS (Programa de Integração Social) e Cide-Combustíveis (Capacitação Inserção e Desenvolvimento).

O outro modelo de tributação, o IBS (Imposto sobre Bens e Serviços), congrega o ICMS (Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços)  e o ISS (Imposto Sobre Serviços), que são recolhidos por estados, Distrito Federal e municípios.

O texto prevê ainda um novo imposto sobre produção, importação e comercialização de bens e serviços prejudiciais à saúde ou ao meio ambiente, que entraria no lugar do IPI. A proposta, que é do senador Davi Alcolumbre (DEM-AP) junto com outros 65 senadores, recebeu parecer favorável do relator, senador Roberto Rocha (PSDB-MA).

Modernização do Código Tributário Nacional

Paralelamente à tramitação da PEC da reforma tributária, o Senado reuniu uma comissão de juristas para elaborar atualizações na legislação tributária e administrativa. A comissão vai trabalhar em anteprojetos de proposições legislativas que modernizem o Código Tributário Nacional e o Código de Processo Administrativo.

O grupo vai se reunir pela primeira vez na quinta-feira (17). A ministra do STJ (Superior Tribunal de Justiça), Regina Helena Costa, vai presidir o colegiado. O trabalho da comissão não vai se sobrepor à tramitação da PEC da reforma tributária (110/2019).

Comissão Externa de Petrópolis

Está pautada para esta segunda-feira (14) a reunião da Comissão Temporária Externa sobre Petrópolis. O colegiado vai apresentar um relatório sobre as possíveis causas do desastre e propor políticas públicas de prevenção a esse tipo de calamidade.

O encontro estava marcado para a última quinta-feira (10), quando seria instalado o colegiado, eleito o presidente da comissão, designado o relator e analisado o plano de trabalho.

Medidas de prevenção contra enchentes e deslizamentos

Outra comissão da Casa, a CDR (Comissão de Desenvolvimento Regional e Turismo), se reúne nesta segunda para discutir medidas de prevenção a enchentes e deslizamentos de terras, além de outras intempéries.

O projeto de 2016 estabelece, entre outras medidas, normas para o sistema de drenagem nas cidades e diretrizes para o sistema de áreas verdes. Estão previstas também propostas de regularização fundiária de assentamentos urbanos.

O texto propõe que a defesa civil passe a exigir de municípios com mais de 20 mil habitantes, onde houver riscos de enchentes e deslizamentos, a elaboração de um plano de drenagem das águas pluviais. Se aprovado na CDR, o projeto ainda será apreciado em plenário.

 

Fonte: R7

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here