Reestruturação da Auditoria Fiscal é tema de nova reunião

312


 


 


O grupo de auditores fiscais que vem discutindo, em conjunto com o Sintaf, o processo de reestruturação da Auditoria Fiscal se reuniu pela quarta vez na manhã desta quarta-feira (25/9), na sala de treinamento da CESEC. No encontro, os servidores avançaram nas discussões sobre as diretrizes do projeto, apresentando novas sugestões.


 


O diretor de Organização do Sintaf, Lúcio Maia, reforçou a importância dos auditores se aprofundarem na auditoria contábil e fiscal. “A escrituração fiscal pode estar totalmente correta, mas quando comparada à escrituração contábil pode apresentar divergências e, como consequência, infrações à legislação tributária”, destacou. O diretor defendeu, ainda, a realização de concurso público pata todos os cargos da Sefaz, a fim de garantir a renovação dos quadros, a eficiência e a continuidade da atividade fazendária.


 


Aprimorar é preciso


 


O diretor Kleber Silveira, que coordena os trabalhos do grupo, enfatizou que a fiscalização precisa ser constantemente aprimorada. “O auditor do século XXI que não souber de T.I. e contabilidade ficará pelo caminho. Por isso defendo o trabalho em conjunto, e a busca constante do aprimoramento”, afirmou. Os auditores presentes concordaram que a tecnologia da informação é fundamental no processo de fiscalização, auxiliando os auditores fiscais em suas decisões e competências. 


 


Kleber destacou ainda que a fiscalização não tem o objetivo de arrecadar. “Mas a empresa que souber que não será fiscalizada dificilmente cumprirá à risca todas as suas obrigações”, sublinhou.


 


“As atividades de auditoria fiscal e contábil são instrumentos importantes de combate à sonegação – o que, consequentemente, contribui para o aumento da arrecadação”, completou o diretor Jucélio Praciano. “Com isso, o Estado terá mais recursos para serem investidos nas atividades fins do Estado, como educação, saúde, saneamento, segurança etc.”, concluiu o diretor.


 


Seminário acontecerá no dia 1º


 


Além da Auditoria, o Sintaf promove discussão sobre as demais áreas de atuação da Secretaria da Fazenda: Trânsito de Mercadorias, Cexats e Sedes. O objetivo é construir um documento conjunto para ser apresentado à categoria em seminário marcado para o dia 1º de outubro, a partir das 8h30, no auditório da Sefaz. Após a aprovação dos fazendários, o documento, que trata da reestruturação da Casa, será negociado com a Administração Fazendária.


 


As discussões não se encerrarão no seminário. Os grupos continuarão se reunindo até o fechamento das propostas, o que deverá ocorrer com a maior brevidade possível. A Auditoria Fiscal deverá fechar o seu documento na reunião marcada para o dia 2 de outubro, a partir das 9h, na sala de treinamento da CESEC.