Receita libera consulta ao 1º lote de restituição do IR 2022 hoje

45
A Receita Federal libera, a partir das 10h desta terça-feira (24/05), a consulta ao primeiro lote de restituição do Imposto de Renda 2022. No toral, o crédito bancário será feito para 3,4 milhões de contribuintes prioritários, totalizando R$ 6,3 bilhões.

O dinheiro do primeiro lote de restituição será creditado na conta dos contribuintes no dia 31 deste mês, último dia para entregar a declaração do IR. O prazo inicial era 29 de abril, mas foi prorrogado pela Receita pelo terceiro ano seguido por causa da pandemia de coronavírus.

Deve receber o crédito no primeiro lote os contribuintes com prioridade legal que já entregaram a declaração e não caíram na malha fina. De acordo com dados da Receita Federal, neste primeiro lote, só há o pagamento da restituição a quem está na lista prioritária, como idosos acima de 80 anos, que totalizam 226.934 contribuintes nessa faixa etária; contribuintes entre 60 e 79 anos, no total de 2.305.412 3 e contribuintes com alguma deficiência física ou mental ou doença grave, no total de 149.016 contribuintes. Além disso, também devem receber nesse lote, profissionais cuja maior fonte de renda seja o magistério, um total de 702.607 contribuintes.

Como consultar
Para consultar a restituição, o cidadão deve fazer via internet, no site da Receita Federal ou no Portal e-CAC, que é o Centro de Atendimento Virtual do fisco. Para consultar por meio do e-CAC, é preciso ter senha gov.br. De acordo com a Receita Federal, ainda não é possível consultar, mas assim que a consulta for liberada, o contribuinte poderá utilizar tanto o Meu Imposto de Renda, no e-CAC, quanto o serviço “Consultar Restituição IRPF”.

O pagamento da restituição é possível mediante informar a agência e conta bancária para receber o valor, conforme foi feito em anos anteriores. A partir deste ano, a restituição também poderá ser paga por Pix, para o titular que tenha chave com seu número de CPF; essa escolha deve ser feita no envio da declaração.

Caso o crédito não seja feito na conta informada ou na chave Pix, o cidadão tem até um ano para fazer o resgate do dinheiro no Banco do Brasil. O crédito pode falhar em casos de desativada após ter sido informada ao fisco, por exemplo. O cidadão poderá reagendar o crédito dos valores pelo Portal BB, no site https://www.bb.com.br/irpf, ou ligando para a Central de Relacionamento BB por meio dos telefones 4004-0001 (capitais), 0800-7290001 (demais localidades) e 0800-7290088 (telefone especial exclusivo para deficientes auditivos).

Caso o contribuinte não resgate o valor de sua restituição em até um ano, é possível pedir novamente o pagamento. Para isso, é preciso acessar o Portal e-CAC, em “Meu Imposto de Renda”. Clique na opção “Solicitar restituição não resgatada na rede bancária”, que aparece na seção “Restituição e Compensação”.

O Estado do Ceará

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here