Receita investiga 1.470 por fraude no Imposto de Renda

20
Denúncias apontam para um esquema com deduções indevidas por dependentes nas declarações. Valor total é de R$ 4,2 milhões 

A Receita Federal do Estado está investigando 1.470 contribuintes por conta de uma fraude nas declarações do Imposto de Renda Pessoa Física (IRPF). A investigação teve início após delegados do órgão receberem denúncias sobre um esquema envolvendo deduções indevidas de dependentes na declaração do imposto.

De acordo com a Superintendência Regional da Receita Federal da 7ª Região Fiscal (RJ/ES), foram analisadas declarações de mais de 15 mil contribuintes do Estado, e foram constatadas deduções de dependentes inexistentes em 2.454 declarações de IRPF entre 2015 e 2017, de um grupo composto por 1.470 contribuintes. O valor total destas deduções é de R$ 4,2 milhões.

Os contribuintes com possíveis irregularidades emitiram declarações de IR informando falsamente terem dependentes para obter desconto no valor do imposto a pagar ou mesmo conseguir uma restituição.<br>
Essas pessoas também declararam outras deduções indevidas e já estão incluídos em uma lista de monitoramento no âmbito da Malha Fiscal da IRPF.<br>
<br>
De acordo com a Receita, os contribuintes que não se autorregularizarem serão autuados pelos valores devidos, acrescidos de multas que podem chegar a 150% sobre o valor do imposto apurado, e ficarão sujeitos ao processo criminal por crimes contra a ordem tributária.

Os contribuintes que ainda não foram notificados pelo sistema de Malha Fiscal poderão se autorregularizar por meio da entrega de declarações retificadoras.

Fonte: Tribuna Online

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here