Nova gestão do Sintaf reúne-se com Administração Fazendária

94

A nova Diretoria Colegiada do Sintaf reuniu-se, na tarde desta segunda-feira (5/7), com a Administração Fazendária, na sede da Sefaz. O tom da conversa reforçou a importância do diálogo entre as partes, como caminho para a construção dos avanços almejados.

Além de conhecer os novos membros da Diretoria, a secretária da Fazenda, Fernanda Pacobahyba, abriu espaço para a discussão sobre alguns dos principais pleitos da categoria. Um dos pontos mais sensíveis – o cálculo da média de PDF para aposentadoria – foi a primeira pauta colocada. Sobre este pleito, a Secretária informou que está marcada uma reunião com o secretário de Planejamento e Gestão, Mauro Filho, com a participação do Sintaf e da Sefaz, para a próxima quarta-feira (7/7), às 10h. Questionada pelo diretor de Organização, Carlos Brasil, a Secretária confirmou que ainda cabe negociação sobre o texto que foi construído pelo governo.

Quanto ao concurso público para Auditor Fiscal Adjunto, a Secretária também remeteu a discussão do assunto para discussão conjunta com a Seplag e a Procuradoria-Geral do Estado (PGE).

“Outro ponto que aflige os colegas são as modificações que poderão ser efetuadas em nossa produtividade. O Sintaf quer ter acesso a esta discussão desde o início”, destacou o diretor Carlos Brasil. A Secretária garantiu a ampla participação de todos os servidores no processo, inclusive o Sindicato. E também se comprometeu a estudar uma alternativa para incluir o Sintaf no Comitê Gestor do PDF, ainda que não haja obrigatoriedade.

No tocante às condições de trabalho, o Sintaf solicitou que a próxima reunião ordinária da Mesa Estadual de Negociação Permanente (MENP), a ser realizada no início de agosto, seja tratada de forma extraordinária e conte com a participação dos gestores do Trânsito de Mercadorias, para que sejam esclarecidas algumas demandas específicas que chegam ao Sindicato sobre este tema.

“Somos todos fazendários e acreditamos que o momento é de construção conjunta”, manifestou o diretor Nilson Fernandes. “Estamos iniciando uma nova gestão, aberta ao diálogo. O bom debate nos levará a um bom termo”, completou o diretor Oliveira dos Santos.

1 COMENTÁRIO

  1. Nenhuma notícia sobre a tentativa de coação sobre a paralização no sentido de colocar faltas nos colegas.
    Deveria ficar claro que NÃO aceitaremos qualquer movimento que não contemple a média dos 24 meses para o cálculo do PDF.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here