Versão para impressão Diminuir tamanho das letras Voltar Página inicial Aumentar tamanho das letras


Notícias

  10/06/2019   

Os fazendários vão parar contra a reforma da Previdência: Confira as orientações para a paralisação

 
 
Na próxima sexta-feira, dia 14 de junho, das 7h às 19h, os fazendários do Ceará irão paralisar suas atividades em adesão à greve geral dos trabalhadores de todo o País contra a reforma da Previdência. A decisão foi tomada na Assembleia Geral da categoria do último dia 27 de maio. 
 
No dia da paralisação, os servidores lotados na capital e região metropolitana deverão se dirigir à Praça da Bandeira, no Centro, onde haverá concentração a partir das 10h. O ponto de encontro dos fazendários serão as escadarias da Faculdade de Direito, próximo à esquina com a Rua Senador Pompeu. No interior do Estado, os servidores deverão buscar os pontos de maior concentração de trabalhadores, conforme orientação das coordenações regionais do Sintaf.
 
Principais orientações
 
- A paralisação acontece das 7h às 19h da próxima sexta-feira, 14 de junho;
 
- Comunique-se com as outras unidades e ajude a mobilizar os colegas;
 
- É imprescindível afixar faixas e cartazes na entrada e acessos aos locais de trabalho;
 
- É importante termos pelo menos dois servidores em cada unidade fazendária para garantir a paralisação, orientar os contribuintes e zelar o patrimônio público;
 
- Os demais servidores deverão se dirigir aos locais de protesto. Em Fortaleza, a concentração acontecerá a partir das 10h, na Praça da Bandeira, no Centro;
 
- No interior do Estado, os servidores deverão buscar os pontos de maior concentração de trabalhadores, conforme orientação das coordenações regionais do Sintaf;
 
- Não registre o controle de frequência. A paralisação é legal. Trata-se de um direito constitucional e legítimo;
 
- Medicamentos, equipamentos e suprimentos hospitalares para uso em urgência e emergência deverão ser liberados normalmente;
 
- Oriente os contribuintes dos motivos da paralisação e a sua duração;
 
- Observe que as atribuições exclusivas do servidor fazendário não podem ser realizadas por digitadores, estagiários, bolsistas, dentre outros;
 
- Registre a paralisação em sua unidade (celular ou câmera digital). As fotos e eventuais ocorrências devem ser enviadas para o WhatsApp +55 85 99174-4309;
 
 
- Denunciar ao Sintaf, pelo fone (85) 3281-9044, pressões indevidas da Administração da Sefaz quanto ao legítimo direito de greve do trabalhador.
 
Fonte: Sintaf Ceará
Última atualização: 10/06/2019 às 19:24:59
Versão para impressão Diminuir tamanho das letras Voltar Página inicial Aumentar tamanho das letras

Comente

Comentários

Seja o primeiro a comentar. Basta clicar no botão acima.

Rua Agapito dos Santos, 300 - Centro
Fortaleza/Ce | CEP 60010250

www.igenio.com.br