Índice de Confiança dos Industriais segue em alta, aponta ICEI

40

Valores são superiores aos identificados em agosto, tanto no Ceará quanto no Brasil, mostrando uma elevação no clima positivo

Legenda: No Ceará, as empresas de todos os portes indicaram otimismo, sendo as de grande porte as que apresentaram maior índice de confiança e crescimento, marcando 65,6 e crescendo 9,3 pontos, comparado ao mês anterior
Foto: Elizângela Santos

A expectativa positiva e crescente é reflexo da reabertura gradual, que mostrou bons resultados, com redução dos casos de transmissão e óbitos ao passo que apresentou os primeiros sinais de recuperação da economia. Um bom indicador que mostra esse melhor cenário é que, em agosto, a taxa de transmissão da Covid-19 foi de apenas 0,63¹ no Ceará, que chegou a ter uma taxa de 2,0 em meados do mês de março.

O ICEI é estimado através da agregação de dois subíndices: o Índice de Condições Atuais e o Índice de Expectativas. Os dois também se elevaram, mesmo que em patamares distintos.

“Enquanto o de Expectativas atingiu quase 70 pontos, o de Condições Atuais, com base nos últimos seis meses, fechou em 54 pontos. Esse quadro ilustra que apesar das expectativas futuras estarem consideravelmente otimistas, o cenário atual ainda merece atenção e cuidado para funcionamento e surgimento de outros vetores de crescimento neste momento de abertura econômica”, explica o economista do Observatório da Indústria, David Guimarães.

A pesquisa também apresenta os resultados do ICEI por porte. No Ceará, as empresas de todos os portes indicaram otimismo, sendo as de grande porte as que apresentaram maior índice de confiança e crescimento, marcando 65,6 e crescendo 9,3 pontos, comparado ao mês anterior. Confira o estudo na íntegra.

Diário do Nordeste
Escrito por 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here