Governo é visto como o maior culpado pelo aumento dos combustíveis, aponta pesquisa

32

Eleitores de Bolsonaro são os que mais atribuem alto preço da gasolina a governadores, mostra BTG Pactual/FSB Pesquisa

Pesquisa  BTG Pactual/FSB Pesquisa divulgada nesta segunda-feira (21/3) apontou que 29% dos eleitores veem o governo como principal responsável pelo aumento no preço dos combustíveis, seguida pela política de preços da Petrobras (22%). Outros 21% responderam que os governadores, por conta dos impostos estaduais, são os maiores responsáveis pela subida dos preços da gasolina e 18% afirmaram que o aumento do preço do petróleo foi provocado pela guerra na Ucrânia.

levantamento também mostrou que a maioria dos brasileiros que pretende votar em Jair Bolsonaro (PL) atribui o aumento da gasolina aos governadores e aos impostos estaduais, enquanto que entre os eleitores do  ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT), a maioria coloca a culpa do preço dos combustíveis no governo Bolsonaro.

Com relação à intenção de voto espontânea, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) lidera, com 38% das intenções, seguido pelo atual presidente, com 27%.

Nas intenções de voto estimulado, Lula tem 43% das intenções, contra 29% do atual presidente. A pesquisa ainda aponta que no cenário estimulado para o 2º turno Bolsonaro perderia contra Lula, Ciro Gomes, Sérgio Moro, João Dória e Eduardo Leite. Enquanto Lula ganharia contra todos esses candidatos.

O levantamento também mostrou que, para os eleitores de Lula, a experiência prévia como gestor público é o atributo mais importante para definir o voto. Já os votantes de Bolsonaro consideram mais relevante o histórico do candidato na Justiça.

A pesquisa aconteceu nos dias 18 e 20 de março e foram entrevistados 2 mil eleitores. A margem de erro é de 2 pontos percentuais, com intervalo de confiança de 95%. A soma dos percentuais podem varias de 99% a 101% devido ao arredondamento. O estudo está registrado no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) com o número BR-09630/2022.

Fonte: JOTA

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here