Gasolina passa de R$ 6,00 no Ceará pela primeira vez; confira preços por cidade

70

Seguindo trajetória de inflação, combustível chegou a R$ 6,03 no Crato, aponta ANP

Gasolina posto
Legenda: Gasolina atinge patamar inédito no Ceará

Após consecutivas semanas de alta, a gasolina bateu a marca de R$ 6,00 no Ceará. O mais recente levantamento da Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP), realizado entre os dias 14 e 20 de março em 147 estabelecimentos, encontrou a gasolina a R$ 6,03 na máxima estadual, no município do Crato.

Esta é a primeira vez na história que o litro do combustível ultrapassa este patamar, de acordo com os registros oficiais da ANP. Considerando o comportamento inflacionário desde o início do ano, este recorde era apenas questão de tempo, conforme a Coluna havia abordado. Na semana anterior, o valor máximo apurado havia sido de R$ 5,89.

5,51. Entre os nove estados do Nordeste, é a quinta maior cotação, abaixo de Bahia (R$ 5,89), Piauí (R$ 5,88), Rio Grande do Norte (R$ 5,87), Sergipe (R$ 5,69).

Preços da gasolina por cidade

Caucaia

  • Postos pesquisados: 21
  • Preço médio: R$ 5,505
  • Preço mínimo: R$ 5,199
  • Preço máximo: R$ 5,699

Crato

  • Postos pesquisados: 7
  • Preço médio: R$ 5,691
  • Preço mínimo: R$ 5,530
  • Preço máximo: R$ 6,039

Fortaleza

  • Postos pesquisados: 101
  • Preço médio: R$ 5,503
  • Preço mínimo: R$ 5,330
  • Preço máximo: R$ 5,699

Juazeiro do Norte

  • Postos pesquisados: 8
  • Preço médio: R$ 5,617
  • Preço mínimo: R$ 5,549
  • Preço máximo: R$ 5,790

Maracanaú

  • Postos pesquisados: 10
  • Preço médio: R$ 5,485
  • Preço mínimo: R$ 5,470
  • Preço máximo: R$ 5,499

Observações sobre a pesquisa da ANP:
1) No caso do Ceará, a metodologia se restringe a poucos municípios. Portanto, é possível que haja valores ainda mais altos em outras cidades, mas o levantamento não consegue captar.
2) Os preços podem ter sofrido alterações desde o período em que os dados foram obtidos.

Infográfico: evolução do preço da gasolina nos últimos anos

 

 

Será que vai baixar?

Após seis altas em 2021, a Petrobras anunciou, na sexta-feira (19), que irá reduzir o preço da gasolina nas refinarias. A retração de 14 centavos foi o primeiro reajuste para baixo desde o início do ano. Cabe observar se esta redução terá efeito nas bombas nas próximas semanas. Seguiremos acompanhando.

Diário do Nordeste

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here