Fortaleza tem a maior inflação do Brasil no mês de maio

27

A cidade de Fortaleza segue avançando com a inflação. No mês de maio, a capital cearense teve o maior Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo 15 no mês de maio (1,29%). O percentual é o maior do país, que registrou a média de 0,59%, ou seja, recuo de 1,14 ponto percentual do que foi observado no mês anterior (1,73%). O cenário nacional registrou a maior variação para o período desde 2016, quando o índice ficou em 0,86%. No ano, o IPCA-15 acumula alta de 4,93%. Em 12 meses, o acúmulo é de de 12,20%. Os dados foram divulgados nessa terça-feira (24/05), pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

Em Fortaleza, a maior variação foi registrada nos itens de higiene pessoal (3,59%), seguido das tarifas de energia elétrica (-2,18%). O menor índice foi constatado em Curitiba (0,12%), onde, além do recuo de quase 18% da energia elétrica (-17,62%), houve também queda nos preços de alimentos como a cenoura (-19,88%) e o tomate (-13,72%).

Além disso, oito dos nove grupos de produtos e serviços pesquisados tiveram alta no mês de maio, com exceção da habitação (-3,85%). A maor alta foi observada na saúde e cuidados pessoais (2,19%). O maior impacto positivo veio dos transportes (1,80%), que desaceleraram em relação a abril (3,43%). O mesmo ocorreu com segmentos como alimentação e bebidas (1,52% em maio frente aos 2,25% do mês anterior). Os demais grupos ficaram entre o 0,06% de educação e o 1,86% de Vestuário.

Entre os segmentos de maior impacto no índice ao longo do mes de maio foi observado destaque para os produtos farmacêuticos (5,24%), higiene pessoal (3,03%), passagem aérea (18,40%), gasolina (1,24%) e etanol (7,79%). A queda do grupo habitação (-3,85%) foi puxada pela energia elétrica (-14,09%).

Desde abril está em vigência no país a bandeira verde, em que não há cobrança adicional na conta de luz, o que representou o fim da bandeira escassez hídrica, que estava vigente desde setembro de 2021, importante acréscimo de R$ 14,20 a cada 100 kWh consumidos.

O Estado do Ceará

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here