Fortaleza começa a vacinar cardíacos, diabéticos e gestantes

151

|TERCEIRA ETAPA| Os públicos da primeira e segunda fase de vacinação continuarão sendo vacinados de forma simultânea. A confirmação do agendamento da vacina será divulgada em lista nominal em site oficial da Prefeitura de FortalezaPor 

VACINA da Pfizer/BioNTech que será usada na terceira etapa chegou 
segunda-feira passada no Ceará
VACINA da Pfizer/BioNTech que será usada na terceira etapa chegou segunda-feira passada no Ceará

Fortaleza começará a terceira fase de vacinação contra a Covid-19 hoje (5/5) no Centro de Eventos com a vacina da Pfizer/BioNTech . A nova etapa ocorrerá simultaneamente à vacinação do público prioritário da primeira e segunda fase da campanha, que são idosos, trabalhadores da saúde e profissionais das forças de salvamento e segurança.

Neste primeiro momento da terceira etapa, serão vacinados os seguintes grupos:Gestantes e puérperas com comorbidades que possuem entre 18 e 59 anos;pessoas com Síndrome de Down que possuem entre 18 e 59 anos; pessoas com doença renal crônica em terapia de substituição renal (diálise) que possuem entre 18 e 59 anos: pessoas entre 55 e 59 anos com comorbidades, seguindo a sequência definida na Comissão Intergestores Bipartite N°40 (CIB/CE)- cardiopatia, diabetes, obesidade IMC>40, doença neurológica, pneumopatias, doença renal crônica; imunodeficiência e outras; pessoas entre 55 a 59 anos com deficiência permanente cadastradas no programa de benefício de prestação continuada (BPC).

As decisões foram tomadas em reunião da Comissão Intergestora Bipartite (CIB) do Ceará, que envolve gestores municipais e estaduais. Ficou pactuado ainda no encontro que em um segundo momento serão contempladas outras pessoas incluídas na terceira fase de imunização. São elas: gestantes e puérperas, independentemente de condições pré-existentes, além de pessoas com comorbidades e/ou deficiência permanente de 18 a 54 anos (em ordem decrescente).

A Sesa disse ainda que encaminhou para as Superintendências Regionais de Saúde a listagem de pacientes acompanhados nos ambulatórios do Centro Integrado de Diabetes e Hipertensão (CIDH) e Hospital Dr. Carlos Alberto Studart Gomes (HM). A informação objetiva facilitar a identificação das pessoas com comorbidades e garantir a validação junto aos municípios.

As pessoas agendadas para receber o imunobiológico devem levar atestado, prescrição ou relatório médico para comprovar que fazem parte do grupo prioritário. A Secretaria Municipal de Saúde lembra que também será exigida identificação original com foto, CPF e comprovante de endereço. A vacinação de todos esses grupos acontecerá de forma simultânea, conforme a gestão municipal.

>> Modelo de atestado médico foi disponibilizado pela SMS e deve ser preenchido por profissionais competentes.  Clique aqui para baixar o PDF.

No caso de pessoas com comorbidades e deficiência permanente, o documento indicando o motivo para a aplicação da vacina deve ter validade de até um ano. Já para gestantes e puérperas, é necessário apresentar um documento comprobatório da gravidez, como o cartão do pré-natal, ou então a certidão de nascimento do bebê.

A confirmação do agendamento da vacina será divulgada em lista nominal em site oficial da Prefeitura de Fortaleza, assim como por meio de mensagem por e-mail e WhatsApp. Haverá orientações sobre data, horário e local onde a pessoa agendada deve comparecer.

A SMS ressaltou ainda que as pessoas que não informaram que possuem uma comorbidade em seu cadastro no Saúde Digital podem incluir a informação. Para isso, basta acessar o sistema, fazer seu login e clicar em “editar cadastro”.  Dúvidas sobre o processo podem ser consultadas através de número disponibilizado pela prefeitura: 0800 275 1475.

Em um segundo momento da terceira fase de vacinação, ainda sem data prevista para início, serão imunizadas gestantes e puérperas, independente de comorbidades, acima de 18 anos, além de pessoas entre 18 e 54 anos com comorbidades e deficiência permanente.

Os grupos prioritários incluídos na terceira fase de vacinação serão imunizados de forma simultânea com a primeira e segunda fases. A informação foi confirmada pela Secretaria Municipal de Saúde de Fortaleza (SMS). A escolha segue orientação da Secretária de Saúde do Ceará (Sesa) divulgada ontem e deve ser aplicada em todos os municípios cearenses.

O Povo

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here