Opinião | Autocuidado: quanto antes, melhor

138

O mês de Outubro é internacionalmente conhecido como o mês de conscientização do câncer de mama. É no Outubro Rosa, assim chamado esse período, que ocorre uma intensificação das campanhas de rastreamento visando prevenção e diagnóstico precoce dessa patologia.

Segundo dados do Instituto Nacional do Câncer (INCA), o câncer de mama é o mais prevalente entre as mulheres brasileiras, tendo como estimativa de 66.280 novos casos no ano de 2020.

De todos esse casos, apenas um pouco mais de 10% está associado a fatores genéticos e hereditários, sendo possível reduzir em até 28% o risco de uma mulher desenvolver câncer de mama a partir da adoção de alguns hábitos, como : praticar atividade física regularmente, alimentar-se de forma saudável, não fumar, ter o peso corporal adequado, não ingerir bebidas alcoólicas.

pandemia de Covid-19 comprometeu a principal estratégica adotada pelo País  contra o câncer de mama: o diagnóstico precoce. Devido ao medo de exposição ao vírus além da dificuldade de marcação de exames eletivos, muitas mulheres omitiram os exames de rotina, o que contribuiu para um aumento de casos diagnosticados já em estado mais avançado, principalmente no SUS.

Além disso, o aumento dos linfonodos axilares relacionados a vacinação contra o Covid, geraram muita confusão diagnóstica, sendo necessário adiar ainda mais os exames de rotina após aplicação de determinadas vacinas.

Contudo, continua em vigor tanto a Lei dos 30 dias (LEI Nº 13.896, DE 30 DE OUTUBRO DE 2019), que assegura a todas as mulheres o direito ao diagnóstico precoce do câncer em até 30 dias, quanto a da Lei dos 60 dias (LEI Nº 12.732, DE 22 DE NOVEMBRO DE 2012), relacionada ao início do tratamento dentro desse prazo. Apesar da dificuldade de cumprimento dessas leis em muitos serviços brasileiros, é importante as pacientes estarem cientes desse direito e lutarem por ele.

O câncer de mama mexe não apenas com a saúde das pacientes, mas também com o seu psicológico e sua autoestima, uma vez que acomete o principal símbolo de sexualidade feminina: as mamas. Esse câncer tem o potencial de ferir, mutilar e matar pessoas de ambos os sexos e de qualquer idade.

Por outro lado, tem um alta chance de cura muitas vezes sem sequela quando diagnosticado no seu início. Sendo assim, é extremamente relevante a proposta do Outubro Rosa: quanto antes melhor ! Diagnóstico precoce aumenta as chances de cura, diagnóstico precoce salva vidas.

Fonte: O POVO (Flora Ulisses)

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here