Diretoria discute pauta da Assembleia Geral com fazendários do interior

69


Diante da impossibilidade de mobilizar as unidades do interior do Estado, a Diretoria Colegiada do Sintaf realizou, na tarde desta quarta-feira (16), uma reunião virtual com a participação de seus coordenadores regionais e filiados das regiões do Apodi, Cariri e Zona Norte. O objetivo foi discutir a pauta da Assembleia Geral Extraordinária (AGE) desta sexta-feira (18), que terá início às 8h30, no Marina Park Hotel, em Fortaleza, conclamando a participação de todos os filiados.

Na abertura da videoconferência, o diretor de Organização do Sintaf, Lúcio Maia, ressaltou que todos os assuntos constantes na pauta são de extrema importância. “A pauta consta de seis itens. É extensa porque estava represada”, destacou. Na AGE, os fazendários cearenses irão discutir e deliberar sobre a ADI 5299; regulamentação do teto remuneratório e incorporação do piso do PDF; cálculo da média do PDF para aposentadoria; regulamentação do Ponto de Gestão; reestruturação da Sefaz; e concurso Público para todos os cargos da Sefaz.

“A comunicação virtual é importante, mas a presencial é muito mais. A força do Sindicato está na mobilização dos filiados”, enfatizou Lúcio, conclamando os fazendários do interior a comparecerem à Assembleia Geral.

Ponto a ponto

Durante a reunião virtual, Lúcio discorreu sobre cada ponto a ser abordado na AGE. “Nosso jurídico irá falar sobre a nossa defesa à ADI 5299. Também apresentaremos propostas para manter a média dos 24 meses para o cálculo do PDF para os proventos de aposentadoria”, salientou o diretor. “Defendemos, ainda, que o efeito financeiro da Emenda 90, que trata da regulamentação do teto remuneratório, seja mantido para dezembro de 2020. Além disso, propomos não apenas 62%, mas sim a incorporação de 100% do piso do PDF do servidor ativo para todos os fazendários. Assim, iremos regularizar, de vez, o salário da categoria”, expôs Lúcio.

“É de fundamental importância que participemos da Assembleia Geral para decidirmos sobre nossos pleitos, que dizem respeito não apenas aos que estão próximos à aposentadoria, mas a todos nós”, afirmou a coordenadora regional do Sintaf no Cariri, Célia Elói.

Para o coordenador regional do Sintaf na Zona Norte, Raimundo Filho, é imprescindível que todos os servidores estejam atentos às implicações da ADI 5299, caso seja acatada. O coordenador também criticou a mudança no cálculo da média do PDF para aposentadoria, citando o caso de um colega de Sobral cuja remuneração cairia drasticamente. “Nesse período de isolamento, a Administração conduziu tudo à revelia dos servidores. Agora é momento de reagir”, convocou Raimundo Filho.

“Vamos lutar, sim. Não podemos perder nossos direitos tão facilmente”, completou a coordenadora regional do Sintaf no Apodi, Mazé Ferreira.

A luta vale a pena

O diretor Carlos Brasil ressaltou a importância da mobilização e apoio dos fazendários à luta sindical. “Em nossa história, nada foi conquistado facilmente. Somente unidos, como uma categoria coesa, conseguiremos as mudanças necessárias para nos aposentarmos dignamente”, declarou.

“Nesse período de pandemia, o fazendário continuou trabalhando e a arrecadação já deu sinais de melhora. Não abriremos mão de salário, principalmente no momento da aposentadoria”, evidenciou o diretor Wildys de Oliveira, lembrando o compromisso do governador Camilo Santana de que os servidores não teriam perdas em seu mandato.

O diretor Kleber Silveira reforçou que esta será a primeira AGE desde o fim do isolamento social. “A Assembleia será realizada com todos os cuidados, seguindo os protocolos”, garantiu. Para Kleber, a luta dos fazendários é justa e necessária. “O parecer da PGE joga por terra uma aposentadoria justa e digna após 30, 35 anos de serviços prestados. Isso não é correto”, afirmou. “Nossa resposta será comparecer à Assembleia Geral, dar a representatividade e o respaldo necessário à nossa luta, mostrando nossa altivez e o nosso valor”, disse Kleber.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here