Diretor do Sintaf discute cenário econômico no programa Debates do Povo

334

 

O economista e diretor de Assuntos Econômico-tributários do Sintaf, Wildys de Oliveira, e a presidente do Conselho Regional de Economia Ceará (Corecon-CE), Silvana Parente, participaram do programa Debates do Povo da última sexta-feira (2/9).

No centro do debate esteve o atual cenário econômico, com destaque para o crescimento de 1,22% do Produto Interno Bruto (PIB) do Brasil no segundo trimestre de 2022, na comparação com os três meses anteriores. Com o resultado, o PIB avançou 2,5% no primeiro semestre e a atividade econômica ficou 3% acima do patamar pré-pandemia.

Para Wildys de Oliveira, é preciso analisar as condições que levaram a esse resultado. “Há um peso político forte, eleitoral, nessa situação. Os programas de transferência de renda e a antecipação da primeira parcela do 13° salário geraram um ambiente, ao menos momentâneo, de boa notícia”, destacou.

Sobre a redução de tributos em tempos de eleição, o economista avalia que a medida não deve se sustentar no próximo ano. “Talvez seja uma medida passageira e isso eleva a desconfiança em relação a como será o país a partir de primeiro de janeiro”, disse.

Wildys ressaltou que o Brasil possui a maior taxa real de juros do mundo, embora o país esteja vivendo um momento de “chuva de verão”. “Nós estamos com a menor inflação do G7 e com o PIB maior do que o da China. Mas essa chuva de verão vai passar e, para o ano que vem, a perspectiva é de corte nos investimentos e corte de custeio. E aí todos vão sofrer, principalmente aqueles que dependem do serviço público, que são as camadas mais pobres da população”, alertou.

Conforme destacou o diretor do Sintaf, a Fundação Getúlio Vargas já prevê, para 2023, um déficit de R$ 430 bilhões nas contas públicas. “A partir do próximo ano, a estimativa é de que haja um corte de R$ 4 bilhões no orçamento de 25 bilhões. É uma queda considerável, bem brutal”, lamentou.

Assista ao programa completo

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here